Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Antecedência na compra, destinos nacionais ou internacionais, pacotes completos. O que levar em conta para economizar na viagem de férias?
Antecedência na compra, destinos nacionais ou internacionais, pacotes completos. O que levar em conta para economizar na viagem de férias?| Foto: Bigstock

Comprar com antecedência é quase tudo o que você precisa saber para conseguir passagens e pacotes mais baratos se já está pensando nas férias de fim de ano, mas até essa máxima é relativa. Na hora de economizar nas férias em família (ou sozinho), é preciso levar em conta uma série de fatores. Um deles é que, sim, o fim do ano é considerado alta temporada e, portanto, uma das épocas mais caras para viajar.

De acordo com a diretora Portofino Consultoria de Viagens Adriana Marchand Bonilauri, os pacotes de Réveillon, por exemplo, são sempre os mais caros. “As noites de 30 de dezembro a 01 de janeiro, em qualquer hotel, às vezes chegam a ser quatro vezes mais caras que uma diária normal”, avalia.

Mas não é preciso abandonar os planos de viagem por conta disso. “Sempre faço as seguintes perguntas para os meus clientes: quanto tempo eles têm disponível para viagem e quanto querem investir, pois existem pacotes para todos os gostos e bolsos”, diz.

Para as passagens, é preciso levar em conta que os voos regulares mais próximos à data já estão com pouca disponibilidade, o que encarece o valor. Portanto, para economizar é preciso levar em conta, além da temporada, o destino e o deslocamento. “Quando se fala em destino internacional, o mais vantajoso para o brasileiro nessa época do ano são os da América do Sul, como Buenos Aires e Santiago, que fazem promoções nesta época”, ressalta Adriana.

Já os destinos nacionais, são sempre mais baratos quando a opção de deslocamento é terrestre e não aérea. Apesar da diretora contar que já começou a vender pacotes para o Réveillon em março, no início do segundo semestre a procura fica mais intensa, já que ainda é possível se programar e dividir o valor. As vantagens, além do desconto nas tarifas, é embarcar já com a viagem praticamente paga.

A data influencia no valor?

A agência virtual Viajanet revelou que o preço das passagens aéreas pode variar em cerca de 25% de acordo com o dia da semana escolhido para viajar. O levantamento feito pela agência, de acordo com pesquisa realizada durante o ano passado, mostrou que a segunda-feira tem o bilhete mais barato em trechos nacionais, enquanto que o domingo tem o tíquete mais caro.

Além disso, um outro estudo realizado pela ARC (Airlines Reporting Corporation) em parceria com a Expedia já havia mostrado quais os dias mais baratos para comprar passagens aéreas em 2018.

A média geral de preços para viagens domésticas indicava que a passagem aérea para embarque na segunda-feira é cerca de 15% mais barata em relação ao resto da semana. Por outro lado, o domingo tem um custo 25% maior em relação à segunda.

Como conseguir a melhor passagem aéreas?

Muitos estudos têm sido feitos sobre os melhores dias ou o período de antecedência ideal para comprar passagens, mas em geral eles se contradizem. A principal dica dos especialistas é, uma vez que as datas estiverem definidas, começar a pesquisar em sites e aplicativos especializados, e comprar assim que encontrar um bom preço.

Outra dica é deletar os cookies do navegador ao fazer uma pesquisa de viagem. Isso é aconselhado porque, assim como o Uber e outros aplicativos de transportes, algumas companhias aéreas também adotam o sistema de “tarifa dinâmica” na hora de apresentar os preços das passagens, e os rastros deixados quando se navega pela internet podem influenciar isso.

Então, se você pretende viajar no fim do ano, adote pelo menos essas três medidas: pesquise muito, avalie sua pesquisa em relação ao seus histórico na internet e compre agora (quanto antes melhor).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]