Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A Praia da Sepultura é um paraíso que integra as 39 praias do município de Bombinhas. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
A Praia da Sepultura é um paraíso que integra as 39 praias do município de Bombinhas. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Foto: Letícia Akemi

Chegar até a Praia de Sepultura, uma das 39 praias de Bombinhas, em Santa Catarina, exige uma certa disciplina e planejamento. Para conhecer a praia que figura entre as mais belas do estado, entender a localização é fundamental, além de saber que é preciso percorrer uma pequena trilha a pé, já que o acesso não é feito de carro.

Tudo isso só contribui para a preservação das piscinas naturais do local. As águas cristalinas são perfeitas para prática de mergulho, stand up paddle e snorkeling, práticas realizadas até mesmo no inverno. É nessa época do ano, aliás, que a praia fica ainda mais bonita e deserta.

Praia da Sepultura. Foto : Agência de Notícias Gazeta do Povo
Praia da Sepultura. Foto : Agência de Notícias Gazeta do Povo| GAZETA

Para chegar ao local, é preciso acessar Bombinhas, o menor município de Santa Catarina.  A região tem apenas 34,5 km² de área. São 260 quilômetros que separam a única península do sul do Brasil de Curitiba.

E quem visitar a região nessa época do ano, não precisa pagar a Taxa de Preservação Ambiental, implementada desde o final de 2017 com o objetivo de controlar o excesso de carros na região. O valor de R$ 27,50 por automóveis de pequeno porte é cobrado apenas no período de 15 de novembro a 15 de abril.

Acessando Bombinhas, prepare-se para encontrar paisagens paradisíacas e também ver de perto animais marinhos, como tartarugas, golfinhos e peixes exóticos. É pelo acesso a Bombinhas que se chega à Praia da Sepultura, seguindo até o fim da avenida principal até a Praia do Retiro dos Padres.

A Piscina Natural da Praia da Sepultura fica em uma área cercada por rochas e grutas, uma paisagem deslumbrante que vale cada segundo da visita, seja no inverno ou no verão.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]