Quatorze pessoas foram presas em uma operação contra fraude de combustíveis da Polícia Rodoviária Federal, em Alagoas, nesta quarta-feira (24). A quadrilha agia principalmente na adulteração de álcool, misturando água e corante ao produto.

Segundo a PRF, o combustível era comprado em São Paulo e em Minas Gerais e levado para Alagoas, onde era adulterado. Por mês, o grupo tinha capacidade de adulterar até 1 milhão de litros de álcool. Por causa da sonegação fiscal, o estado perdia cerca de R$ 10 milhões por mês.

Nesta quarta-feira, foram apreendidos 147 mil litros de combustível já adulterado, além de carretas que transportavam o produto, corantes e documentos fiscais.

A operação da PRF foi realizada em conjunto com o Ministério Público Estadual, a Justiça Estadual e a Secretaria Estadual da Fazenda.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]