i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Meio ambiente

7 mitos, 7 verdades e 7 dicas sobre o aquecimento global

PUCPR debate fatores que favorecem a elevação da temperatura na Terra

  • PorJosé Marcos Lopes
  • 16/05/2007 19:53

Houve um tempo em que eclipses e outros fenômenos naturais eram vistos como ameaças à vida na Terra. O homem evoluiu e chegou à segunda metade do século 20 temendo o pesadelo nuclear, tema de incontáveis produções cinematográficas. No novo século o foco mudou: o aquecimento global está no centro dos debates quando o assunto é a preservação da vida. Mas, desta vez, a possibilidade de as profecias catastróficas virarem realidade é grande, segundo os especialistas.

Há alguns anos, o tema era visto como preocupação exclusiva de "ecologistas chatos". Até hoje alguns defensores da industrialização sem limites dizem que tudo não passa de um "mito", mas a cada dia eles estão em menor número.

Atualmente, duas correntes se opõem em relação ao tema. A primeira diz que a elevação das temperaturas é causada pela emissão de gases poluentes na atmosfera, como o dióxido de carbono e o metano. A segunda garante que há um processo natural em andamento e que as indústrias não podem levar a culpa. Em um ponto, no entanto, não há mais discordância: a temperatura da Terra está subindo.

Entre os defensores da primeira tese está o francês Yves Mathieu, ativista treinado por um dos maiores críticos mundiais do uso de petróleo e de combustíveis fósseis, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore. A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) promove hoje uma palestra com Mathieu, cujo título "Uma verdade inconveniente" (mesmo nome do documentário que ganhou o Oscar neste ano).

Mas, afinal, o que é mito e o que é realidade quando o assunto é aquecimento global? Algumas respostas estão no quadro ao lado, elaborado a partir de consultas com especialistas. A verdade crucial é que os riscos existem. "O assunto é grave e ponto final", define Eduardo Gobbi, engenheiro ambiental e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR). "Sabe-se que a temperatura vai aumentar de 0,5°C a 1°C nos próximos 50 anos, mesmo que o ser humano faça tudo direitinho."

O engenheiro ambiental e professor da PUCPR Arnaldo Müller também alerta para os riscos, mas vê alguns mitos no ar. "Um deles é que a natureza não consegue resolver os problemas", diz. Para Müller, faltam estudos sobre outros aspectos que podem causar o aquecimento. "(O petróleo) tinha uma energia que passou a ser uma energia ativa. Não têm havido iniciativas nesta direção. É mais fácil explicar o aquecimento pela fumaça do carro."

Se as dúvidas persistem, há quem já veja os efeitos. "Não é fantasia, é fato", diz o engenheiro químico Herbert Forster. "Dizem que poderá haver efeitos catastróficos. Disso também não há dúvida", afirma. Para o também engenheiro e especialista em gestão ambiental Cláudio Luiz Geromel Barretto, só haverá solução com mudanças de hábitos de produção e consumo. "O fator principal é o sistema industrial descontrolado. Por exemplo, um carro pesa 1,1 mil quilos e leva uma pessoa de 80 quilos. Tem alguma coisa errada aí", comenta. "Já houve mudanças climáticas naturais e os cientistas afirmam que não conseguem detectar quando elas vão ocorrer. O que estamos fazendo é atualizar o fenômeno."

7 mitos

Plantar árvores pode ser a solução para o aquecimento global

Quanto maior a emissão de dióxido de carbono na atmosfera, maior o número de árvores necessárias a absorção do gás. Segundo especialistas, se as emissões continuarem crescendo, não haverá espaço na Terra para tantas florestas

O aquecimento do planeta decorre somente da ação do homem

Cientistas dizem que a Terra sempre sujeita a mudanças de temperaturas, independentemente da ação humana. O processo pode estar ligado a fatores astronômicos, como o aumento das radiações solares, a mudanças de correntes marítimas e à movimentação das placas tectônicas

Fenômenos climáticos como o El Nino são provocados pelos gases na atmosfera

Apesar de a ocorrência de fenômenos como estes estarem comprovadamente ligados à temperatura do mar, não há comprovação de que tenham sido causados pelos gases lançados na atmosfera

O uso de combustíveis como o etanol é a solução para os problemas ambientais

O uso do etanol, um combustível derivado da cana-de-açúcar, diminui consideravelmente a poluição, mas ele teria de ser produzido em alta escala. Especialistas alertam para o risco de plantações tomarem o lugar de florestas, bosques e áreas destinadas à produção de alimentos

As florestas são o grande "pulmão" do planeta

Segundo cientistas, as algas dos oceanos são as responsáveis pela maior parte da absorção do dióxido de carbono lançado na atmosfera

Áreas próximas a indústrias são mais afetadas

Apesar de áreas industriais emitirem mais poluentes que as demais, o efeito estufa é global. Cientistas afirmam que as regiões oceânicas têm temperaturas mais baixas que regiões povoadas, mas atribuem a diferença às mudanças ocorridas em áreas povoadas

O homem deve combater o efeito estufa

O efeito estufa, na verdade, possibilita a vida na Terra. O calor emitido pelo Sol é refletido pela Terra e só se mantém no planeta devido à atmosfera; sem ela, o calor se dissiparia, e não haveria vida. O problema é a alteração na atmosfera: com a emissão de gases, ela se torna mais densa e retém mais calor, provocando um aquecimento

7 verdades

A temperatura da Terra está subindo

Mesmo entre os que chamam de "alarmistas" os defensores da redução de gases na atmosfera, há um consenso: a temperatura da Terra está subindo. De acordo com o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC ), até o final deste século a temperatura poderá ter crescido em média 6,5 °C em todo o mundo

É preciso reduzir a emissão de poluentes

Por mais que o homem encontre soluções momentâneas para o aquecimento global, como o seqüestro de carbono, a temperatura só poderá ser controlada com a redução na emissão de combustíveis fósseis, como o petróleo

As mudanças climáticas podem aumentar a incidência de furacões e ciclones

Furacões dependem de vários fatores, entre eles temperaturas altas na superfície do mar. Segundo o IPCC, entre 1970 e 2004 a temperatura média da superfície do mar aumentou 0,5 C em todo o mundo. Um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos EUA, apontou que a força dos ciclones aumento em 50% nos últimos 50 anos. Com a temperatura mais alta, aumenta o nível de evaporação nos oceanos. Com isso, cresce a umidade e o nível de precipitações

O desmatamento contribui com o aquecimento

A queima de madeira emite dióxido de carbono na atmosfera, principal responsável pelo aquecimento global. Além disso, menos árvores significam menos capacidade de absorção do gás

Crescimento e surgimento de desertos

O aumento da temperatura provoca a morte de várias espécies animais e vegetais, desequilibrando ecossistemas. Com isso, a tendência é aumentar cada vez mais o número de regiões desérticas

O nível do mar pode aumentar

O aumento da temperatura fatalmente levará à diminuição da cobertura de gelo na Terra. Com isso, o nível do mar deverá subir, pondo em risco regiões litorâneas em todo mundo. O nível dos mares está aumentando em 10 a 25 centímetros por década, segundo o IPCC

O aquecimento pode reduzir a produção de alimentos

O aquecimento pode levar à escassez de água e de alimentos. De acordo com o IPCC, entre 2050 e 2100, quando a temperatura deverá se elevar entre 3 graus centígrados e 5,8 graus, a área plantada de arroz no Brasil terá redução de 41%, a de feijão cairá em 23% e a de soja em 64%

7 dicas

Racionalize o uso do carro

Procure utilizar meios de transporte coletivos. Na hora de comprar um carro, prefira os modelos híbridos ou a álcool

Poupe energia elétrica

A produção de energia é a principal responsáveis pelo aquecimento global, das indústrias às residência

Economize água

Quanto mais água é consumida, mais água deve ser tratada nas estações de tratamento. O processo utiliza energia e gera lodo, que também emite gases poluentes

Plante árvores

Árvores e outras plantas absorvem o dióxido de carbono lançado na atmosfera

Separe o lixo

Com a separação do lixo, o volume de lixo nos aterros diminui, provocando uma queda na emissão de metanol, um dos gases responsáveis pelo aquecimento.

Não queime lixo

A queima de lixo emite metano na atmosfera. O gás é altamente poluente e o segundo maior "vilão" no aquecimento global

Consuma menos, recicle

Quanto maior o consumo, maior a necessidade de produção. Quanto maior a produção, maior a energia gasta, e maior o volume de poluentes na atmosfera. Segundo especialistas, o combate ao aquecimento global passar por mudanças nas formas de produção e de consumo.

Serviço: A palestra com Yves Mathieu ocorre às 19 horas no auditório Gregor Mendel, no bloco de Ciências Biológicas e da Saúde da PUCPR. A entrada é gratuita. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail unipazparana@gmail.com.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    rodrigo da costa maurino

    ± 0 minutos

    concordo com tudo isso ! Só fico indignado porque ninguém menciona a emissão de gás metano na atmosfera , desmatamentos consumo de agua e poluicão dos rios e mares do planeta , tudo produzida pela pecuaria e outras criações .

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]