i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Educação

Acompanhe o protesto de professores na região central de Curitiba

Professores e servidores saíram das praças Rui Barbosa e Santos Andrade para ir ao Centro Cívico. Docentes e governo se reúnem pela terceira vez para negociar fim da greve

  • PorAngieli Maros, Jônatas Dias Lima e Diego Antonelli
  • 25/02/2015 09:32
 | /
| Foto: /

Confira as imagens da marcha dos professores em Curitiba.

Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Encerramos aqui a nossa cobertura em tempo real da manifestação e da reunião entre professores e governo para tentar pôr fim à greve da categoria. Mais novidades sobre as negociações você confere no site da Gazeta. Até mais!
A APP-Sindicato irá se reunir na quinta-feira pela manhã definir a data da assembleia geral dos professores, que irá analisar as propostas do governo e decidir se os docentes voltam ou não ao trabalho.

Acabou a reunião!

Terminou o encontro entre professores e o governo do estado para discutir a pauta da reivindicações dos grevistas.
Terceira reunião entre professores e representantes do governo já se encaminha para três horas de duração. APP-Sindicato já informou que greve não acaba hoje, independente do resultado do encontro. A proposta governamental terá que ser discutida pela categoria.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Situação de momento

Cansaço e calor espantaram os manifestantes da Praça Nossa Senhora de Salete. Alguns se refugiaram na sombra fornecida pelas barracas e outros procuraram locais para comer. O clique é do fotógrafo Daniel Castellano

Lucro para os comerciantes

O Shopping Mueller estava lotado de manifestantes na hora do almoço.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Os reflexos do ato desta quarta-feira começa a aparecer nas ruas. As lixeiras que contornam o local de concentração dos manifestantes já transbordam. Há embalagens descartadas na beira da Avenida Cândido de Abreu.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
O clima é de pura descontração neste momento em frente ao Palácio Iguaçu. Os discursos que eram feitos no caminhão de som cessaram. Os manifestantes aproveitam para descansar. Muitos dormem nas barracas montadas na Praça Nossa Senhora da Salete. É grande o fluxo de pessoas que se dirigem ao Shopping Mueller.

Reunião

A reunião entre representantes dos professores estaduais e o governo já dura mais de duas horas. Por enquanto, nenhuma definição.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
A Polícia Militar do Paraná acaba de informar que a maior concentração na passeata desta quarta-feira reuniu dez mil pessoas. A contagem, de acordo com a PM, foi feita com base em imagens aéreas, nos padrões estabelecidos pela Organizações das Nações Unidas (ONU)
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
O governador Beto Richa voltou a falar que "o melhor está por vir". Dessa vez, em entrevista ao Paraná TV. Confira um resumo da entrevista no blog Caixa Zero
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Estimativa da PM

A Polícia Militar informa sua estimativa de público para o momento na marcha de hoje é de 8 mil pessoas.
Policiais militares e seguranças do governo reforçam esquema de segurança no Palácio Iguaçu. Ninguém sai do espaço neste momento.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Manifestantes gritam muito enquanto representante da APP-Sindicato dá entrevista para a repórter da RPCTV. Clima esquentou em frente ao palácio. "Onde foi parar, o dinheiro do Paraná" é um dos gritos.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Público

Apesar de representantes do sindicato terem falado em público de 50 mil pessoas na marcha - e o presidente da APP-Sindicato ter dito em estimativa da polícia de 43 mil - a PM não confirma oficialmente o número de presentes ao protesto.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
O ânimo cedeu ao cansaço. Professores, agora, se acomodam em espaços de sombra na entrada da sede do governo do Paraná.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Grande cartola para arrecadas moedas é colocada em frente ao Palácio Iguaçu. Professores querem entregar valor arrecadado ao governador.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Apesar de o ato continuar, muita gente deixa o Centro Cívico. Começam a se formar filas nas barraquinhas de comida montadas na Praça Nossa Senhora da Salete.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Pessoal do grupo carnavalesco Garibaldis e Sacis anima o protesto com paródias de marchinhas de carnaval. Letras criticam o atual governo do Paraná.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Protesto

Caixão que carrega "direitos dos professores" chega ao Palácio Iguaçu.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Segurança foi reforçada no Palácio Iguaçu, local onde ocorre a reunião entre o governo e os professores em greve.
Na reunião, está do lado dos docentes o deputado Professor Lemos (PT).
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Professores são recebidos com aplausos pelos servidores que acampam há duas semanas no local.
Manifestantes chegam ao Palácio Iguaçu.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Celebridades

Os deputados Nereu Moura e Requião Filho,a ambos do PMDB, cumprimentam a multidão e posam para selfies com os manifestantes.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
As 50 mil pessoas (segundo os manifestantes) se aproximam do Palácio Iguaçu. Caminhada foi pacífica. Segunda a Polícia Militar, nenhuma ocorrência do protesto havia sido atendida até as 11h30.
Manifestantes passam agora em frente à prefeitura.
Grupo de policiais cumprimenta manifestantes e diz: "estamos juntos".

Na pressão...

Marcha dos professores já é vista (e ouvida) do Palácio Iguaçu.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Com o sol a pino, não faltam sombrinhas e guarda-chuvas armados na marcha dos professores.

Começa!

Reunião começa neste instante. Do lado do governo, estão presentes o secretário da Educação, Fernando Xavier Ferreira, o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, e o líder do governo na Assembleia, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB).

A caminho...

Manifestantes invadem a Avenida Cândido de Abreu.
Vários policiais militares circulam nas proximidades, em motocicletas.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Trabalhadores de pontos comerciais que ficam no trajeto da passeata gritam e aplaudem os manifestantes. Estas trabalhadoras de um salão de beleza ganharam rosa e abraços dos professores. "Fora Beto Richa", exclamavam.

Em instantes...

Reunião deve começar em instantes. Participantes tomam seus lugares na mesa de negociação. Mas, a entrada da imprensa ainda não foi autorizada.
Comerciantes correm para tirar da rua carros estacionados nas proximidades.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Lá vem...

Rua Barão do Serro Azul bloqueada. Manifestantes ocupam via e calçadas.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

O que vai estar na mesa...

Terceira reunião entre governo e grevistas deve ter nova proposta da administração Beto Richa. Leia a matéria completa.
Protesto se aproxima do Shopping Mueller.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Um close

Placas com os "inimigos da educação" são ostentadas pelos manifestantes. O clique é da repórter Angieli Maros.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Manifestantes voltam a levantar placas com imagens dos "inimigos da educação", os deputados que votaram a favor da comissão geral para a análise do "pacotaço" proposto pelo governo Beto Richa (PSDB).
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Caminhada é retomada após parada para uma benção em frente à catedral. Público canta em peso "pra dizer que não falei das flores"
Manifestantes cantam: "Caminhando e cantando e seguindo a canção..."
Segundo Hermes, a APP-Sindicato também luta pra que projetos, como treinamentos de esportes e aulas de idiomas, não terminem. Ele afirma que essa seria a intenção do governo
Os professores não acreditam nas promessas do governo. Isso dificulta que a categoria entre em acordo e confie nas promessas, disse o presidente da APP-Sindicato.

No Palácio...

Hermes Leão Silva Junior, da APP, disse que a greve não termina hoje, independente do resultado da reunião. Segundo ele, devem ser realizados conselhos regionais e, na semana que vem, uma assembleia geral. Isso se as negociações forem positivas, afirma ele.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Organização da APP diz que há cerca de 30 mil pessoas na manifestação desta quarta-feira. Logo em seguida, Marlei Fernandes corrige: são 50 mil, segundo ela.
Policiais militares consultados se negam a dizer estimativas de público, mas duvidam que haja 50 mil manifestantes, como anunciam os organizadores.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Marlei Fernandes pede que todos contribuam com moedas de 5 e 10 centavos. "Não entreguem mais que isso", completa ela.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Professores prometem para logo um singelo ato dos servidores. Eles vão coletar moedas e depositar na frente da sede do governo. "Vamos ver se o governador tem condições de pagar o que deve agora", discursa uma das dirigentes da APP.
Somente alguns manifestantes já foram para a Cândido de Abreu. A maioria permanece em frente à Catedral.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Pausa para a água. Manifestantes aproveitam a parada da caminhada para descansar. Na foto, estudantes da Unicentro, que dizem estar de luto pela educação no estado.
Presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, acabou de chegar ao Palácio Iguaçu. Reunião deve começar em breve.
PM prepara fechamento da Cândido de Abreu.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Professores que vieram da Rui Barbosa, e protestaram em frente à Secretaria da Fazenda, chegam à Praça Tiradentes. A foto é do fotógrafo Jonathan Campos
Policiais militares acompanham com motocicletas.
Grupo de professores, agora unificado, parte em direção ao Centro Cívico.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Professores caminham junto à "bancada do camburão". Ato ironiza os deputados que chegaram para uma votação em um ônibus da Tropa de Choque, quando a Assembleia estava cercada por manifestantes
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Marechal Deodoro tomada

O clique é do fotógrafo Henry Milléo, da Gazeta
Grupos se encontram e se reúnem na praça. Da Tiradentes eles devem seguir, unidos, até o Centro Cívico
Manifestantes se aproximam da Praça Tiradentes, onde também chega o outro grupo de professores que fez trajeto diferente.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Passeata começa a chegar na praça Tiradentes. Este deve ser o ponto intermediário da marcha, e não a Rui Barbosa, como foi dito no início
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
O sol escaldante não desanima os professores, que seguem na caminhada com muitos gritos de guerra, apitos e músicas. Algumas pessoas jogam papéis picados durante a passagem do grupo, que para e apalude o gesto
Protesto segue pela Cruz Machado, em direção à praça Tiradentes.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Funcionários do Detran é que guiam o trânsito nesta manifestação dos professores pela Rua Marechal Deodoro.
Próxima rua a ser fechada é a Desembargador Ermelino de Leão.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Aparentemente, não há agentes da Setran acompanhando a passeata, que bloqueia ruas que cruzam com a Marechal Deodoro. Foto: Henry Milléo/Gazeta do Povo

Adiamento

Professores solicitaram que reunião com o governo seja as 11 horas, devido a caminhada que a categoria realiza. Encontro estava agendado inicialmente para as 10 horas.
Protesto segue pela canaleta da Visconde de Nácar.
Rua Visconde de Nácar voltará a ser fechada dentro de alguns minutos.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Situação de momento

Professores se dividem em duas frentes. A que saiu da Praça Rui Barbosa seguiu para a Secretaria da Fazenda, que fica na Rua Vicente Machado. O outro grupo, concentrado na Praça Santos Andrade, saiu há pouco em marcha e já toma a Rua Marechal Deodoro.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Efigênio Pavei é um dos muito estudantes universitários que acompanham o protesto. Estudante da Faculdade de Belas Artes, ele está há três meses sem receber a bolsa de ensino. Ele relata que há colegas seus que estão sem pagamento desde setembro
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
Caminhada sai da Santos Andrade e começa a tomar a Rua Marechal Deodoro. Os termômetros marcam 25C em Curitiba, segundo o Simepar. A sensação de calor é muito forte e os manifestantes aproveitam cada espaço de sombra
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Presidente da APP-Sindicato fala

"Nós pais, mães e educadores não vamos aceitar que a escola pública pague o preço das dívidas do governo" declarou o presidente de cima do caminhão de som
Depois de breves gritos de guerra em frente à Secretaria, protesto continua pela avenida Vicente Machado.
Protesto para frente à Secretaria da Fazenda.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Discurso

Presidente da APP Sindicato, Hermes Brandão, discursa. Marcha deve começar em breve
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Terceira reunião

Governo deve colocar nova proposta financeira na mesa para tentar encerrar a greve. Leia a matéria completa.
Enquanto caminham, professores gritam o nome de alguns deputados, chamando-os de inimigos da educação.
Manifestantes se aproximam da avenida Vicente Machado.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Atenção, motorista

Professores acabam de fechar a Rua XV de Novembro entre a Praça Santos Andrade e Rua João Negrão. Trânsito totalmente interrompido e a fila longa de veículos já bloqueia outros acessos do entorno.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo

Na Santos Andrade!

Os manifestantes ocupam toda a praça e parte da rua João Negrão. Apesar disso, motoristas que passam pelo entorno no cruzamento com a rua XV têm trafego livre, por enquanto.
Rua Brigadeiro Franco é fechada pelos manifestantes. Protesto passa a seguir por ela.
Manifestantes passam agora pela rua Brigadeiro Franco.
Angieli Maros
Angieli MarosRepórter da Gazeta do Povo
A concentração é grande na Praça Santos Andrade, em Curitiba, desde as 9 horas. Há professores de todas as regiões do Paraná. Foto: Henry Milléo/Gazeta do Povo
Funcionários do Detran que têm fechado as ruas também participam do protesto, segurando bandeiras com a frase "Eu tô na luta".
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Caixão na Rui Barbosa

Professores usaram um caixão, com mensagens contra o governo estadual, para protestar na Praça Rui Barbosa. O clique é do fotógrafo Jonathan Campos
Não há agentes da Setran seguindo à frente da manifestação.
Agentes do Detran fecham a rua Emiliano Perneta, por onde a manifestação segue.
Professores deixam a praça Rui Barbosa pela rua Visconde de Nácar.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Lá, professores e governo se reúnem pela terceira vez, para tentar entrar em um acordo para encerrar a greve da categoria, iniciada em 9 de fevereiro.
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo
Categoria em greve pretende reunir 30 mil em marcha que sairá das praças Santos Andrade e Rui Barbosa, rumo ao Centro Cívico
Gazeta do Povo
Gazeta do PovoGazeta do Povo

Bom dia, leitores

Iniciamos aqui a cobertura do protesto de professores pela região central de Curitiba. Foto: Henry Milléo/Gazeta do Povo
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.