Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Maringá prendeu na quarta-feira (20) um soldado da Polícia Militar em Loanda, na região Noroeste do estado. A medida atendeu determinação do Juízo Criminal da Comarca, com base em um pedido feito pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Segundo comunicado divulgado pelo MP, o soldado é acusado de praticar crimes de tortura, abuso de autoridade e lesões corporais. O nome do policial não foi divulgado, já que os procedimentos relacionados ao caso estão sob sigilo judicial.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar do Paraná informou que só vai se manifestar sobre o caso quando for liberado acesso ao conteúdo da ação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]