i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

Agente da PF morre em acidente no Tingui

Outras cinco pessoas ficaram feridas. O trânsito na região do cruzamento ficou interditado por aproximadamente três horas

  • PorAngieli Maros
  • 08/08/2013 12:58
Veículo da PF onde estavam os agentes se envolveu em uma colisão no bairro Tingui | Átila Alberti/Tribuna do Paraná
Veículo da PF onde estavam os agentes se envolveu em uma colisão no bairro Tingui| Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná
  • Uma viatura da Polícia Federal colidiu com outro veículo em um cruzamento do bairro Tingui, em Curitiba: uma agente morreu no local e outras cinco pessoas ficaram feridas
  • O trânsito ficou complicado na região do acidente

Uma agente da Polícia Federal, de aproximadamente 33 anos, morreu em um acidente no cruzamento das ruas Dr. Marins Alves de Camargo e São João, no bairro Tingui, em Curitiba, por volta das 14h20 desta quinta-feira (8). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a viatura da PF colidiu contra outro automóvel, causando o óbito. Inicialmente, a corporação repassou à reportagem que a idade da vítima era 56 anos, mas a PF confirmou que seria 33.

Outras cinco pessoas ficaram feridas. Quatro delas - e também a agente que morreu no local - foram encaminhadas ao Hospital Cajuru. A sexta vítima, que estava em estado mais grave, foi encaminhada, com a ajuda do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana.

A PF, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou a morte da agente. Segundo o órgão, a vítima estava participando da "Operação Sinapse" deflagrada na manhã desta quinta, que investiga um esquema de desvio de dinheiro público da área de ensino a distância do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Paraná (IFPR).

Viaturas da Polícia Militar, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Secretaria de Trânsito (Setran) foram deslocadas até o local. O trânsito na região do cruzamento ficou interditado por aproximadamente três horas, sendo normalizado às 17h30, segundo a Setran.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.