i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tragédia no Rio

Agressão a motorista causou acidente, dizem testemunhas

De acordo com algumas testemunhas ouvidas pelo delegado, um homem pulou a roleta, irritado porque o motorista não parou no ponto, e desferiu chutes em Oliveira

  • PorAgência Estado
  • 03/04/2013 10:14
 | Carlo Wrede / O Dia
| Foto: Carlo Wrede / O Dia

Ônibus estava com vistoria vencida

O ônibus da Viação Paranapuan que despencou na Avenida Brasil de um viaduto na região de Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro, na tarde de terça-feira (2) estava com a vistoria anual obrigatória do Detran-RJ vencida. De acordo com o site do Detran-RJ, o último licenciamento do coletivo, placa KYI 0973, foi feito em 2011.

Leia mais

O delegado José Pedro da Silva, da 21.ª Delegacia de Polícia (Bonsucesso), quer identificar o passageiro que teria agredido o motorista do ônibus da linha 328 (Bananal-Castelo), André Luiz da Silva Oliveira, de 33 anos. De acordo com algumas testemunhas ouvidas pelo delegado, um homem pulou a roleta, irritado porque o motorista não parou no ponto, e desferiu chutes em Oliveira. O motorista, então, perdeu a direção. O agressor seria um estudante universitário. Nesta terça (2), sete pessoas morreram após a queda do veículo de um viaduto.

De acordo com o delegado, se a versão se confirmar o passageiro pode ser indiciado por homicídio doloso, em que há intenção de matar. José Pedro da Silva requisitou as imagens do circuito interno do ônibus e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio).

Uma das pessoas que confirmam esta versão é o técnico de informática Nelson Martins Bezerra, que saiu do ônibus pouco antes do acidente. Ele disse que o motorista discutia com um passageiro e dirigia em alta velocidade até um ponto antes da colisão. A entrevista da testemunha foi concedida à TV Globo na manhã desta quarta-feira. "Um rapaz não conseguiu descer porque o motorista fechou a porta e o ônibus começou a andar. Perto do ponto onde eu fiquei (o último antes da queda), eles já estavam discutindo", disse.

Segundo Bezerra, que estava no último banco do veículo, o passageiro pulou a roleta e foi falar diretamente com o motorista. Neste momento, foi acionado o sinal para descida no ponto e a testemunha foi para a calçada. Ao seguir em direção à outra linha, a testemunha ouviu "um grande barulho". "Quando estava na metade do caminho da (Avenida) Brasil, escutei o barulho. Vi o ônibus do outro lado da rua virado. Eu nunca ia imaginar que era o ônibus que eu estava. Uma senhora chegou chorando: era o nosso ônibus".

O técnico de informática diz ainda que o ônibus estava acima da velocidade para coletivos de transporte até a parada onde ele saiu. No entanto, para ele, "não havia distância suficiente para embalar tanto, acho que (o acidente) foi mesmo pela discussão dos dois".

Segundo a reportagem da TV Globo, em depoimento informal, o motorista, ainda internado no Hospital Getúlio Vargas, na zona norte do Rio, alega que foi fechado por um automóvel e perdeu o controle do veículo. André Luis Oliveira teve uma fratura no fêmur e traumatismo craniano, mas passa bem. O delegado José Pedro da Silva, da 21.ª Delegacia de Polícia (Bonsucesso), que investiga o caso, deverá ainda tomar o depoimento do motorista.

Passageiros de ônibus que passavam perto do local registraram em vídeo a movimentação de policias, bombeiros e curiosos momentos após o acidente. Vários destes registros foram publicados no YouTube.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.