i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
igreja

Apoiadores de d. Helder comemoram nomeação de bispo

  • PorAgência Estado
  • 01/07/2009 17:35

A nomeação feita nesta quarta-feira (1º) pelo Vaticano do bispo de Sobral, Dom Fernando Saburido, para substituir d. José Cardoso Sobrinho na Arquidiocese de Olinda e Recife foi recebida com entusiasmo pelos que apoiavam a igreja progressista de d. Helder Câmara, conhecido como "Dom da Paz". Considerado conservador e alvo de muita polêmica, d. José foi alvo de controvérsia ao anunciar, em março, a excomunhão dos médicos que fizeram o aborto de uma criança de nove anos grávida do padrasto, que a violentava. D. Saburido, de 62 anos, assumirá o cargo no dia 16 de agosto.

Segundo a diretora do Instituto Dom Helder Câmara (IDHEC), Elizabeth Barbosa, d. Saburido antecipou a ela a sua missão de "reconstruir a unidade da Igreja". Em carta a d. José, que o consagrou bispo em 2000, ele destacou "a graça especial e feliz coincidência de estar sendo chamado para Olinda e Recife no mesmo ano do centenário de nascimento do carismático Dom Helder Câmara". Ele também agradeceu a d. Helder, que o ordenou padre em 1978, e defendeu "uma igreja de comunhão e de participação voltada para os pobres".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.