• Carregando...

Terminou por volta das 19h desta sexta-feira (12) uma rebelião na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Cerca de dez detentos, integrantes de um grupo de 55 presos que haviam sido transferidos de Maringá, renderam um agente penitenciário, por volta das 15h, e exigiram transferência de volta para a prisão de onde vieram. Por volta das 19h, o funcionário foi liberado, sem ter sofrido agressão.

Os rebelados foram transferidos de Maringá na noite da última quinta-feira (11). Insatisfeitos, os presos exigiam uma garantia de que serão transferidos. O diretor do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná, Maurício Kuehne, assinou um documento assegurando que os detentos voltarão a Maringá até a próxima terça-feira (16).

O diretor garantiu que não houve violência durante a negociação. "A situação foi controlada rapidamente. Não houve agressão física, de nenhuma das partes", declarou Kuehne. Os presos, segundo o diretor, alegaram que não havia motivo para terem sido transferidos e desejam voltar à cidade devido à proximidade com as famílias.

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]