i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Prêmio milionário

Apostador de Curitiba registra furto de bilhete premiado da Mega da Virada

À polícia, o homem disse que viajou no dia 24 de dezembro e deixou o carro com a irmã, que levou o automóvel para lavar. Quando voltou, teria constatado o desaparecimento do bilhete premiado

  • PorAgência O Globo
  • 02/01/2014 13:35

Um apostador de Curitiba registrou boletim de ocorrência, no 8º Distrito Policial, nesta quinta-feira (2), relatando o furto do bilhete ganhador da Mega da Virada, que teria desaparecido em um lava a jato da capital paranaense.

No registro, Aníbal Fayez Marraui diz que viajou no dia 24 de dezembro e deixou o carro com a irmã, que levou o automóvel para lavar. Quando voltou, teria constatado o desaparecimento do bilhete premiado.

Onze pessoas no Paraná acertaram as seis dezenas da Mega da Virada. Uma em Curitiba e dez em Palotina (em um bolão). O prêmio de Curitiba e sete no interior foram retirados nesta quinta-feira (2).

Segundo Severo Marques, dono da lotérica Cabral Lotérico, na capital paranaense, onde foi feita a aposta, uma das quatro premiadas, Marraui entrou na loja na manhã desta quinta-feira, antes mesmo que as portas fossem levantadas. "Ele dizia coisas que me pareciam desconexas, pois eu ainda não sabia que a aposta vencedora tinha sido feita aqui. Só depois juntei as coisas", conta.

Segundo o dono da lotérica, o apostador premiado fez um único jogo pelo preço de R$ 2. Não foi possível localizar Anibal Fayez Marraui, nem confirmar com a Caixa Econômica Federal (CEF) se ele requereu o prêmio da Mega-Sena da Virada.

O dono da Cabral Lotérica teve um dia atípico na volta ao trabalho em 2014. "Muita gente passa por aqui e sempre tem uma brincadeira com o prêmio. É gratificante saber que intermediamos essa alegria para um cliente, registrando esses números fantásticos", afirma.

Na Bahia, homem não paga bolão e fica sem o prêmio

Na Bahia, o funcionário de um hospital onde foi realizado o bolão que resultou numa das apostas vencedoras viajou e deixou de participar do rateio com os colegas. Ele relatou que seu nome foi excluído da lista por ele não ter feito o pagamento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.