i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Como ajudar alguém

Árvores solidárias de Natal se espalham pelo Paraná – e tem até para pets

Campanhas em diversas cidades do estado buscam obter doações para público atendido por diferentes instituições

  • PorAntoniele Luciano
  • 08/12/2016 21:30
Árvore de Natal solidária no pet shop Bicho Chic traz fotos de animais para adoção responsável da ONG Adote com  Consciência | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Árvore de Natal solidária no pet shop Bicho Chic traz fotos de animais para adoção responsável da ONG Adote com Consciência| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

Diversas ações no Paraná têm unido a beleza de enfeites e ornamentos das árvores de Natal com relatos de desejos que, se atendidos, podem fazer diferença para o próximo. Essas ações vêm sendo chamadas de árvores solidárias e têm conferido um significado a mais para um dos maiores símbolos natalinos.

Animais

A árvore de Natal solidária também vem sendo utilizada pelo projeto Adote com Consciência, ONG que cuida e encaminha cães resgatados das ruas para a adoção. Ao todo, seis pet shops aderiram à campanha e colocaram árvores decoradas com fotos dos animais acolhidos.

A ajuda pode ocorrer por meio da adoção responsável do cachorro cuja foto foi escolhida pelo voluntário ou pela doação de produtos para o animal, como sacos de ração, biscoitos e antipulgas. “A campanha envolve 50 animais que estão sendo cuidados por protetoras voluntárias, que formaram um grupo recentemente”, explica a protetora Carol Trinoski.

Estão com árvores solidárias os estabelecimentos Pet Show (Avenida República Argentina, 900, no supermercado Angeloni do Água Verde), Pet Ninho (Avenida Manoel Ribas, 2034, Vista Alegre), Pett Farma (Rua Coronel Jose Luiz dos Santos,891, Boqueirão) Bicho Chic (Rua José Carollo, 888, Mossunguê - foto), Vetsan Centro Médico Veterinário (Avenida São José, 713, Cristo Rei) e na Tutto Pet (Avenida Brasília, 4660, Novo Mundo). A ação segue até o início de janeiro.

Em Curitiba, uma das iniciativas vem sendo realizada pela comunidade da Paróquia Bom Pastor, no bairro Vista Alegre. Uma árvore de Natal foi montada na igreja, repleta de bilhetes com a descrição de produtos de higiene e limpeza que o Centro Socioeducativo Joana Miguel Richa necessita. A entidade atende 30 meninas privadas de liberdade e deve receber todas as doações que forem entregues pelos voluntários à comunidade. A paróquia pede que, ao retirar o bilhete, o voluntário também coloque um enfeite no lugar. As doações podem ser feitas até a vigília do dia 24 de dezembro, véspera de Natal. A igreja fica na Rua Vitório Veizzer, 810.

O Pequeno Cotolengo também criou uma árvore solidária em parceria com o hipermercado Carrefour, na unidade Champagnat (Rua Deputado Heitor Alencar Furtado, 1210). Cada uma das 195 bolinhas que enfeitam a árvore tem o nome de um dos moradores do Cotolengo, a idade dele e uma sugestão de presente. Os interessados em ajudar precisam informar numa lista do balcão de atendimento do mercado o nome escolhido. Os presentes podem ser entregues até o dia 22 de dezembro no próprio Carrefour Champagnat.

Shoppings

O Shopping Total, no Portão, está com diversas árvores solidárias em seus corredores. Cada uma é decorada com bolinhas com o nome e dados como tamanho de calçado e roupa de crianças de instituições beneficentes. A entrega dos presentes pode ser feita até o dia 12 de dezembro no balcão de informações do shopping. O projeto contempla cerca de 2 mil crianças de instituições como a Escola Nilza Tartuce, o Pequeno Cotolengo, a Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece) e a Associação Municipal de Assistência Social (Amas).

Na Região Metropolitana, uma árvore foi montada no Shopping São José, no piso L2 do estabelecimento. Decorada com cartinhas de crianças carentes, a iniciativa é resultado de uma parceria com os Rotary Clubes de São José dos Pinhais, Iguaçu, Afonso Pena, Murici e São José. A meta é atender mais de mil pedidos até o dia 12 de dezembro. As doações serão encaminhadas para a Pastoral do Menor Santo Antônio, duas Apaes, três escolas municipais e uma creche.

Outra ação é do Catuaí Shopping, de Maringá, no Noroeste do estado, e ocorre pelo terceiro ano consecutivo. Ao todo, são 90 pedidos de crianças atendidas pela Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC). Os interessados têm até o dia 15 de dezembro para colaborar realizando o desejo descrito nas cartinhas.

Leite

Em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, o Hospital Ministro Costa Cavalcantti promove iniciativa semelhante com uma árvore de Natal decorada com pedidos de leite para as crianças atendidas no Centro de Nutrição Infantil e na Apae do município. “Nosso foco é o leite, conforme o tipo que cada criança precisa. A pessoa que quiser ajudar precisa se atentar a isso”, comenta a psicóloga do hospital, Beatriz Duminelli. A expectativa é atender 120 cartinhas até o dia 16 de dezembro. As árvores de Natal solidárias estão dispostas no Centro Clínico e na recepção de internamentos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.