i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Londrina

Assembleia de servidores e professores pode suspender greve na UEL

Discussão deve ser realizada na sexta-feira com a presença dos sindicatos das duas categorias. Manifestantes pretendem analisar consistência das promessas do governo estadual

  • PorTatiane Salvatico
  • Londrina
  • do Jornal de Londrina
  • 26/02/2015 13:31

Os servidores e professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) poderão suspender a greve na instituição, iniciada em 10 de fevereiro. A suspensão deve ser discutida em assembleia que pode ser realizada nesta sexta-feira (27) com a presença dos sindicatos dos servidores (Assuel) e professores (Sindiprol).

Governo oficializa repasse de R$ 26,9 mi para custeio das universidades estaduais

Valor foi anunciado em reunião entre a Secretaria de Fazenda (Sefa) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Seti). Universidades seguem em greve

Leia a matéria completa

Na manhã desta quinta-feira (26), os dois sindicatos realizaram uma reunião para tentar definir a pauta da assembleia. A reunião ocorreu após uma caminhada realizada por servidores e professores que seguiram da Praça Nishinomya, em frente ao aeroporto, até o Hospital Universitário (HU).

“Queremos discutir todas as promessas anunciadas recentemente pelo governo estadual. Se houver um comprometimento consistente de que os anúncios serão cumpridos poderemos sim suspender a greve”, pontuou Arnaldo Melo, diretor financeiro da Assuel. A data possível do início das aulas não havia sido definida até esta manhã.

Na pauta estarão assuntos como o pagamento das férias dos servidores, prometido para esta sexta-feira (27), a liberação de uma verba de R$ 2 milhões para o custeio do trimestre das atividades de ensino, também prometido para esta sexta. “Tudo isso será discutido ponto a ponto e esperamos entrar em um consenso entre os sindicatos.” O horário e o local da assembleia devem ser anunciados ainda na tarde desta quinta-feira (26).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.