i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Recife

Babá que agrediu criança diz que está arrependida

Casal instalou câmera e flagrou mulher puxando cabelo de filha. Em depoimento, ela afirma que ato foi praticado em momento de fraqueza

  • PorG1/Globo.com
  • 23/09/2008 18:16

A babá de 46 anos, flagrada ao agredir uma criança de 2 anos, prestou depoimento na sede da Gerência de Proteção da Criança e do Adolescente, no Recife, na tarde desta terça-feira (23). Ela confessou a agressão, mas disse estar arrependida do que fez.

"Fiz isso porque estava com muitos problemas, mas me arrependo muito, afinal, também sou mãe", disse a mulher, que foi filmada por câmeras de circuito interno instalada pelos pais da vítima.

Ela afirma que o ato foi praticado em um momento de fraqueza. "Eu tenho muito carinho pela menina. Cuido dela desde os primeiros anos de vida. Peço perdão aos pais", disse.

De acordo com a mãe da criança, a suspeita de que a babá estava maltratando a menina motivou a instalação de câmeras escondidas na casa. Nas imagens, a babá aparece puxando com força e repetidas vezes o cabelo da menina. Em outro trecho, a babá fura duas vezes a perna da menina com um palito de madeira.

O delegado Jorge Ferreira afirmou que os pais da menina também serão chamados para depor.

Alerta para pais

De acordo com o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, todos os anos, 6,5 milhões de crianças sofrem algum tipo de violência no Brasil. Esse número pode ser bem maior; muitos casos deixam de ser notificados pela polícia porque não chegam ao conhecimento dos pais.

De 2003 a agosto deste ano, o disque-denúncia registrou mais de dois milhões de telefonemas – a maior parte denúncias de negligência, violência e abuso sexual.

Para o médico Josimário Silva, que trabalha com crianças vítimas de violência, os pais devem estar alertas a alguns sinais que podem indicar maus-tratos ou agressões. "Os sinais mais comuns são inchaços e manchas roxas na pele, orelha inchada, a área da cabeça com pouco cabelo e marcas de queimadura", diz.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.