• 03/12/2020 19:22
Parceria com instituições religiosas

“Estado é laico, mas não é laicista”, afirma Damares ao rebater críticas ao Pátria Voluntária

  • 03/12/2020 19:22
    Damares Alves rebate críticas ao Pátria Voluntária
    Damares Alves rebate críticas ao Pátria Voluntária| Foto: Alan Santos/Presidência/Arquivo

    Durante evento sobre ações do governo federal para pessoas com deficiência, a ministra Damares Alves, da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, falou sobre a denúncia feita pelo jornal Folha de S. Paulo sobre supostas irregularidades no Programa Pátria Voluntária. Segundo a ministra, o dinheiro - oriundo de um doador privado - foi destinado ao atendimento às população ribeirinhas. As ações contaram com o apoio logístico de instituições religiosas.

    "Os R$ 7 milhões que acusaram que desviamos de verba publica era dinheiro de doador privado, e usamos para alimentar ribeirinhos, que foram esquecidos por anos nessa nação. Não adianta, vamos continuar cuidando dos ribeirinhos do Brasil. Estado é laico, mas não é laicista. A maior critica ao Pátria Voluntaria é que nós usamos, aproveitamos toda a logística de instituições religiosas. Instituições que estão há anos cuidando do nosso povo. Vamos continuar fazendo parcerias, queiram vocês ou não. Ai do Brasil se não fossem instituições religiosas", afirmou Damares.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.