i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
no rio de janeiro

Carros e motocicletas da Polícia Militar são flagrados fora de circulação

Corporação nega que frota esteja abandonada

    • rio de janeiro
    • Agência O Globo
    • 07/07/2015 20:57

    Centenas de motocicletas e carros da Polícia Militar estão parados num grande terreno do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap) da Polícia Militar, em Sulacap, Zona Oeste do Rio. Em nota, a PM informou que “os veículos não estão abandonados. Eles fizeram parte da frota e foram substituídos”.

    “Cabe dizer, que o Governo do Estado e o Comando da PM estudam a possibilidade de parcerias com as Prefeituras para que os veículos sejam reutilizados”, diz a nota da corporação.

    Na manhã desta terça-feira (7), uma equipe da TV Globo fez imagens de helicóptero das motos e dos carros abandonados. São veículos de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e de vários batalhões. A denúncia foi feita por um policial militar que divulgou um vídeo das motos abandonadas em redes sociais. “Aí, quantas motos aí. Tudo 660. E a UPP? O projeto UPP precisando de moto”, diz o denunciante no vídeo.

    Em junho do ano passado, o Jornal EXTRA já havia flagrado centenas de viaturas paradas dentro do Cfap. Na ocasião, a assessoria de imprensa da corporação informou que no local estavam guardados carros antigos, que estavam sendo retirados de circulação, e também novos, que aguardavam a instalação de equipamentos como computador de bordo, câmeras e GPS. Ainda segundo publicação do EXTRA, a PM informou na época que os veículos retirados de circulação mas que fossem considerados aptos a continuar rondando seriam sorteados entre os policiais militares, o que é regulamentado por lei.

    Na mesma época, policiais militares reclamavam da falta de carros para trabalhar e da má conservação daqueles que estavam sendo usados. Relatos de agentes davam conta de que carros e ônibus estavam em péssimo estado, e que muitas vezes faziam consertos até por conta própria.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.