i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

Casa abandonada é palco de dois homicídios em 30 horas

  • PorJoão Varella
  • 08/12/2008 15:12

Duas pessoas foram assassinadas em 30 horas em uma casa arruinada no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Um dos corpos foi encontrado na manhã desta segunda-feira (8). Populares disseram à polícia que de noite o lugar é ocupado por consumidores de drogas e andarilhos. A Prefeitura de Curitiba disse que oferece programas sociais aos freqüentadores do mocó.

Na madrugada de domingo (7), Hezrom Berbardo de Souza, 30 anos, foi morto por tiros dentro da casa abandonada. Testemunhas disseram que os disparos foram desferidos por uma dupla que estava em uma moto no terreno, segundo informações da polícia. O corpo foi localizado às 7h, mas a estimativa é que o crime tenha ocorrido por volta da 1h.

No dia seguinte, às 7h, a polícia registrou um crime praticamente idêntico no mesmo local. Samuel Rodrigues, 18 anos, morreu com pelo menos dois tiros - um deles na cabeça. A polícia não localizou testemunhas do crime, mas populares disseram que ele era visto rotineiramente consumindo crack no terreno.

Os moradores da região se queixaram à polícia afirmando que a área está abandonada há pelo menos um ano e, desde então, é ocupada por mendigos e consumidores de crack. A área é evitada pelos vizinhos durante a noite.

A prefeitura confirma que há o registro do terreno como um mocó. A Fundação de Ação Social afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que chegou a vedar a área, mas os andarilhos voltaram a ocupar o terreno. Também foi feita a limpeza da área e diversos programas sociais atendem os habitantes das ruínas.

A Delegacia de Homicídios investiga ambos os crimes, mas descarta relação entre eles.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.