Uma criança de dez anos também estava no veículo e não foi baleada

A cobrança de uma dívida foi a motivação de um crime que terminou com três pessoas baleadas no bairro Prado Velho, em Curitiba, por volta das 19h30 da segunda-feira (20). O caso ocorreu em frente a uma panificadora, na esquina das ruas Baltazar Carrasco do Reis e Felipe Camarão.

Um casal e o irmão do rapaz foram até o endereço para cobrar uma dívida e aguardavam a chegada dos devedores dentro de um veículo, segundo a Polícia Militar (PM). Por volta das 19h30, dois homens passaram atirando e fugiram. Os atiradores estavam em um veículo, segundo a PM.

A mulher, de 23 anos, foi atingida com um tiro no abdome e foi encaminhada para o Hospital Evangélico. O marido dela, de 25 anos, levou um tiro na perna e foi levado para o Hospital do Trabalhador. Um menino de 10 anos, filho do casal, também estava no local, mas não foi atingido.

A terceira pessoa baleada foi o irmão do rapaz, de 25 anos. Ele foi alvejado por dois disparos – um na mão e outro nas costas – e também foi levado para o Hospital Evangélico.

A suspeita é de que os atiradores sejam os devedores, porém a polícia ainda não conseguiu identificar os homens que fizeram os disparos.

Uma das informações que foram veiculadas era de que o crime teria ocorrido em uma igreja do Prado Velho. O fato não foi confirmado pela PM.

Segundo o telejornal Bom Dia Paraná, após ser baleado no Prado Velho, um dos rapazes saiu do veículo e correu para dentro da Paróquia São João Batista, que se localiza na esquina das ruas Baltazar Carrasco dos Reis e Imaculada Conceição. Uma missa de sétimo dia estava sendo celebrada no local.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]