i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

A araucária em primeiro lugar

  • PorMarcela Campos - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 25/12/2014 21:07
 | Daniel Jaeger Vendruscolo/Arquivo
| Foto: Daniel Jaeger Vendruscolo/Arquivo

24 quadros por segundo

"Às vezes você tem que encontrar em alguém o que está faltando em você." A frase saiu do filme Intocáveis , de 2011, sobre um aristocrata tetraplégico que contrata um jovem problemático como seu cuidador. 

A beleza de uma rua em Pato Branco, no Sudoeste paranaense, chama a atenção. Isso porque a prefeitura da cidade, ao realizar a pavimentação asfáltica na via, optou por preservar uma araucária (foto), árvore que é símbolo do Paraná e está em extinção. A árvore permaneceu bem no meio da Rua Tocantins, no bairro São Francisco, e foi enfeitada para as festas de fim de ano. Conforme o secretário municipal de Planejamento Urbano, Adão Moraes, a prefeitura visa à preservação da espécie e das demais árvores. A araucária, que tem mais de cem anos, ganhou destaque após o fotógrafo Daniel Jaeger Vendruscolo postar uma foto da rua no Facebook, em uma página intitulada "Patópolis".

Outros casos

O fato não é inédito em Pato Branco. De acordo com o secretário Adão Moraes, são três araucárias enfeitadas, sendo duas no meio das ruas com desvio para o trânsito. Especialistas estimam que todas sejam centenárias. Para o fotógrafo Daniel Jaeger Vendruscolo, que postou a imagem, fotografar as belezas da cidade é um prazer. "Nós podemos dizer que crescemos com a cidade. Como não ter orgulho disso?". O exemplo de Pato Branco bem poderia ser seguido por algumas construtoras de Curitiba, que preferem arrancar as espécies (com o plantio compensatório de outras árvores, conforme determina prefeitura) do que integrá-las ao projeto.

Espaço Ucrânia

A Urbs lançou na semana passada edital de licitação para exploração de espaço comercial no Memorial Ucraniano, no Parque Tingui (foto). A loja é destinada ao comércio de produtos típicos ucranianos (culinária e artesanato) e pode também funcionar como lanchonete para comercialização de produtos como café, sucos e outras bebidas não alcoólicas, salgados assados, sanduíches, tortas e doces. O edital está disponível no site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br). Basta clicar em "Institucional" e em seguida em "Licitações", localizando a Concorrência Urbs 9/2014. O recebimento e abertura das propostas serão feitos em sessão pública, com início às 9 h, no dia 19 de janeiro de 2015, no auditório da Urbs (Avenida Presidente Affonso Camargo, 330, bairro Jardim Botânico).

Detalhes

A concorrência é para concessão onerosa por maior oferta, com o valor mínimo de outorga em R$ 7,5 mil, e permissão de uso em R$ 621,23 por mês. A outorga pode ser parcelada em até três vezes e a primeira parcela deverá ser depositada no prazo de três dias após a homologação do resultado. O espaço tem 37 metros quadrados e o atendimento ao público deverá ser de terça a sexta-feira, das 11 h às 19 horas, e aos sábados, domingos e feriados, das 8 h às 19 horas, podendo ser ampliado até as 22 horas. O prazo da concessão é de cinco anos.

Natal dos escravos

Na histórica cidade da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, a população mantém a tradição de celebrar o Natal dos escravos em 26 de dezembro, dia em que se comemora a Festa de São Benedito, no santuário dedicado ao santo negro protetor dos escravos. A programação hoje na cidade, onde o dia 26 é feriado municipal desde 2010, começa com missas às 6 h, 8 h, e 10 h. Ao meio-dia haverá almoço no restaurante do Santuário. Às 14 horas, haverá a lavação das escadarias do Santuário, a exemplo de Salvador (BA), onde há a lavação das escadarias da Igreja do Senhor do Bonfim. Á noite, às 19 horas, celebra-se a tradicional Missa dos Quilombos, uma missa de denúncia contra todas as práticas de racismo presentes ainda hoje. A programação se encerra com a apresentação da cantora Michele Mara, a partir das 21 horas.

Colaborou: Daiane de Paula Martins

Dê sua opiniãoO que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.