i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

Casa em forma de estrela

  • PorMarcela Campos - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 30/05/2013 21:09
 | André Rodrigues/ Gazeta do Povo
| Foto: André Rodrigues/ Gazeta do Povo

No dia 6 de junho, próxima quinta-feira, às 10h30, a PUCPR inaugura oficialmente a Casa Estrela, um dos mais importantes exemplares da arquitetura de madeira no Paraná. A residência, inspirada na estrela de cinco pontas, símbolo do esperanto, a língua universal, foi erguida pelo perito contador Augusto Gonçalves de Castro na década de 1930. Originalmente construída na Rua Zamenhof, no Alto da Glória, ela foi desmontada e cedida à Pontifícia Universidade Católica no início dos anos 2000.

Homenagem

Remontada e restaurada, a casa vai se tornar um espaço cultural e atender a pesquisadores interessados em conhecer as particularidades da moradia. Uma das novidades na cerimônia de abertura será a instituição da Ordem da Casa Estrela, uma distinção dada aos profissionais que trabalharam para que a obra não se perdesse. Entre os homenageados estão membros da família Castro; o reitor da PUCPR, irmão Clemente Ivo Juliatto; o arquiteto Cláudio Maiolino; a artista plástica Didonet Thomas; o arquiteto Key Imaguire, da UFPR; e o jornalista da Gazeta José Carlos Fernandes.

Jacuboys

Sobre os "jacuboys", pessoas que equipam o carro com um supersom e querem que todos ouçam o novo brinquedinho, o leitor Rodrigo Freitas propõe medidas radicais. "O lance é proibir de instalar e pronto. Definir um máximo de decibéis admissível e, por mais que o som esteja desligado, se o cara parar em uma blitz e passar do limite quando testado, leva 7 pontos na carteira, multa de uns R$ 2 mil e guincho", defende ele no perfil da Gazeta no Facebook.

Atrasadinho

Nesta semana, um passageiro fez um pedido inusitado para um motorista do biarticulado Santa Cândida/Capão Raso. Ele reclamou que o condutor do ônibus anterior havia passado muito rápido no ponto, o que o impediu de embarcar. Por outro lado, pediu ao motorista do ônibus no qual estava que andasse mais depressa, pois estava atrasado para o trabalho. O motorista, pacientemente, explicou que cumpria uma tabela de horários e estava adiantado, por isso havia reduzido a velocidade. E disse que não poderia fazer se o passageiro estava atrasado.

Solidariedade

Um grupo de amigos se uniu para angariar doações de livros de literatura incluídos na lista do vestibular da UFPR – e a coluna Entrelinhas está dando uma força. As publicações serão doadas para o cursinho Ação Direta, que atende estudantes da Vila Torres. Quem tiver uma das obras pode entrar em contato com a professora Tassiane pelo telefone 9252-6163. A lista 2013/2014 está no www.nc.ufpr.br/

24 quadros por segundo

"So say we all!"

A expressão, algo como "Digamos todos", é da série de ficção científica Battlestar Galactica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.