i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

Criminosos das universidades

  • PorAndréa MOrais - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 19/03/2013 21:06
 |
| Foto:

Autores que querem ver suas obras lidas, mas que também precisam vê-las vendidas. Estudantes que querem ler, mas não têm dinheiro para comprar livros. Bibliotecas públicas que não têm acervo na variedade e na quantidade necessárias. Projetos de lei que não "saem do lugar". Esse é o resumo de uma história que coloca o direito autoral em oposição ao direito à educação: a proibição aos xerox integrais de livros, que, pela legislação vigente, só podem ter pequenos trechos copiados.

Mas, na prática, o que se vê é bem diferente. Todos os dias, de Norte a Sul do país, estudantes, principalmente universitários, fazem cópias integrais de livros e com isso cometem um crime. O hábito é mais comum nas proximidades de universidades.

Uma mudança pode deixar em vantagem os estudantes. Atualmente, há pelo menos dois projetos que preveem a descriminalização das fotocópias integrais de livros para uso particular.

Um deles é o Novo Código Penal (PLS 236/2012), que desde novembro aguarda "recebimento de emendas". O outro é anteprojeto que revisa a Lei Autoral. A proposta, que estava na Casa Civil, foi devolvida ao Ministério da Cultura e, segundo a assessoria de imprensa, "encontra-se em análise no MinC, devendo ser encaminhado ao Congresso ainda neste semestre. Enquanto isso, estudantes continuam na mira da lei.

Adoção Consciente

No próximo sábado, das 15 às 17 horas, o Grupo de Apoio Adoção Consciente promove a palestra com a médica pediatra Ana Maria Silva de Aquino, com o tema "O que você pode fazer pelo desenvolvimento do seu filho". O encontro será na sede da Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná (Rua XV de Novembro, 964 – 4º andar, em frente ao Guairinha). A entrada é franca, mas para colaborar com o lanche os participantes poderão trazer biscoitos ou refrigerantes. Mais informações pelo telefone 3353-7895.

Hora do planeta

Também no sábado será realizada mais uma edição da Hora do Planeta, ação criada em 2007, pela organização não governamental WWF Brasil. Em Curitiba, o Shopping Curitiba vai aderir à campanha, apagando as luzes de sua fachada, entre 20h30 às 21h30, num ato simbólico.

2012 não acabou

Já estamos no final do terceiro mês do ano, mas para estudantes e professores da Universidade Federal do Paraná 2012 ainda não terminou. Eles ainda estão repondo aulas por causa da greve do ano passado – que durou quase quatro meses. Esta semana é período de provas, o que deve se prolongar ainda até o início de abril. Haverá então um pequeno recesso para que o ano letivo de 2013 comece em 15 de abril – para os calouros, ele começa um pouco antes, no dia 8.

Bazar de importados

A Santa Casa de Misericórdia de Curitiba promove no próximo dia 26 um bazar com produtos apreendidos pela Receita Federal. São celulares, roupas, perfumes importados, jaquetas, entre outros. O bazar ocorre das 9 às 17 horas no Hospital Nossa Senhora da Luz, situado na Rua Rockefeller, 1.450, no Rebouças. A renda será revertida para os hospitais da irmandade. Mais informações: www.doesantacasa.com ou 0800 645 1800.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.