Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Marcelo Andrade/ Gazeta do Povo
| Foto: Marcelo Andrade/ Gazeta do Povo

Há duas semanas, numa noite de muito vento em Curitiba, o representante comercial Roberto Sambati, de 27 anos, saía de um caixa eletrônico no Batel quando um pedaço de papel chegou voando e parou no seu pé. Um envelope feito com folha de caderno embrulhava uma carta. Ao verificar o conteúdo, Sambati percebeu que se tratava de um pedido de ajuda (foto), escrito por um menino de 13 anos. O garoto solicitava a quem encontrasse a correspondência uma muda de roupa, um sapato e uma cesta de Natal, para que a família pudesse ter a primeira ceia de sua vida. A carta também trazia um endereço e um telefone. A primeira reação de Sambati foi de desconfiança. "Vai que a gente chega ao endereço e é um golpe?", diz. Mesmo assim, ele decidiu ir até o local.

História de Natal 2

O encontro com a família foi cercado de emoção, e Sambati logo descobriu detalhes sobre a carta. Ela foi escrita no mesmo dia em que ele a encontrou, após uma jornada exaustiva de trabalho da família do menino, que recolhe material reciclável nas ruas de Curitiba. "O Vítor (autor da correspondência) disse que eles haviam percorrido a cidade inteira catando papel e naquele dia, muito cansados, deixaram a carta na calçada", afirma. Além de ajudar a família com mantimentos, recolhidos com pessoas que souberam da história e se sensibilizaram, Sambati conta que neste domingo entregará uma ceia para Vítor, os quatro irmãos e a mãe deles. Além disso, o tio de Sambati comprou um fogão para a família. O representante comercial considera que a carta foi um sinal. "Eu não estava bem emocionalmente e queria sentir o verdadeiro espírito de Natal. Queria ajudar alguém, mas não sabia como. Então veio essa carta e me disse para onde ir e o que fazer para encontrar o que estava me fazendo falta". Emocionante!

Feira no Centro Histórico

Empresários da região do Largo da Ordem, em Curitiba, promovem hoje e amanhã a Feira de Natal do Centro Histórico, com apresentações artísticas e barracas gastronômicas. Durante a feira, haverá a comercialização de pratos clássicos dos restaurantes da região, preparados especialmente para o evento. Entre os estabelecimentos participantes estão o Bar do Alemão e o restaurante Nonna Giovanna. Hoje (20) a feira será realizada das 17 às 22 horas e no sábado (21), das 15 às 22 horas.

Professores contra as drogas

Estão abertas as inscrições para a 6ª edição do Curso de Prevenção do Uso de Drogas para Educadores de Escolas Públicas. A capacitação é oferecida pelo ministérios da Justiça e da Educação, em parceria com instituições de ensino superior. São oferecidas 60 mil vagas para professores de 15 estados do Brasil. Na Região Sul, o curso será executado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina. Estão sendo ofertadas 10 mil vagas para professores dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Os interessados desses estados poderão fazer as suas inscrições no site http://nute.ufsc.br/educadores/?page_id=13, até 14 de fevereiro de 2014. A divulgação da lista de selecionados está prevista para fevereiro de 2014. O curso deve começar no dia 17 de março.

24 quadros por segundo

"Porque matar um homem quando você pode matar uma ideia?"

As aspas saíram do seriado Homeland e são do personagem Abu Nazir, um terrorista procurado pela CIA.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]