i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Malu

A folga do Henrique

  • Pormalugazeta@gazetadopovo.com.br
  • 02/11/2012 21:07

Receita

Dourado assado com finas ervas

Esta receita é do chef Geraldo, publicada no livro Nova Culinária Paraense, uma publicação do Grupo Canal com o apoio da Importadora Porto a Porto.

Coloque o dourado para assar por 30 minutos em temperatura de 180 graus. Enquanto o dourado estiver assando, misture manteiga e ervas finas e derreta sobre a frigideira, deixe por alguns minutos no fogo e retire. Despeje sobre o dourado já assado com sal a gosto.

Arroz de brócolis: cozinhe os brócolis e, após o cozimento, pique e refogue com alho e azeite extra-virgem. Junte-os com arroz cozido. Sirva com batata em formato de bolinha.

Conta Patricio Caldeira de Andrada: o pequeno Henrique, que tem 4 anos e é neto do casal Ney Viana e Maria das Graças, acordou de madrugada e pediu para o avô levá-lo ao banheiro para fazer xixi, no que foi atendido prontamente. Como o neto estava sonolento, o avô fez todo o serviço, "pegou, esperou desaguar, choacoalhou, guardou" e estava lavando as mãos quando ouviu do pequeno: "vô, eu não preciso lavar as minhas mãos, né? Tchau, vou dormir".

O pênalti do Portuga

A turma de Direito Diurno 80/84 da Pontifícia Universidade Católica do Paraná tinha um time de futebol de muita categoria. Faziam parte daquele time o vereador Paulo Salamuni (Sala), os advogados Surugi (Susuca), Walter Pacheco e Paulo Farah (Turco), os empresários Claudio Santos Loureiro e Luiz Alberto Cesar (Beto Lancaster), o advogado e cantor Paulo Chaves, e o jurista Luiz Miguel Justus da Silva (Portuga), supervisionados por Luiz Roberto Farah.

Num jogo muito disputado contra a turma de Educação Fisica, no campo onde hoje está erguido o prédio da Reitoria, já nos últimos minutos da partida, houve um pênalti, a favor do time de Direito. Ninguém menos que o "grande" zagueiro Luiz Miguel, o Portuga, ergue o braço e brada: "Essa eu bato!"

Resumindo: dizem que o hotel que fica ao lado da PUC teve dois vidros quebrados e o jogo terminou empatado.

A dúvida do Tito

O casal Rogério e Andréia Caldeira de Andrada e seus filhos Rebeca, de 4 anos, e Tito, de 2, foram os anfitriões num jantar oferecido a amigos. Quando o Ruy chegou para os comes e bebes, o pequeno Tito correu para o seu colo. Acontece que o Ruy está um pouco fora de forma e parte dos seus 120 kg estão concentrados na circunferência abdominal. Sem nenhum rodeio e olhando para aquela protuberante barriga, o pequeno sapecou esta: "Tio Ruy, tem neném aí dentro?"

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.