Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A diretora geral da Tiffany & Co. no Brasil, Luciana Marsicano (1ª à esq.), com Mônica Malucelli Amaral (de vestido preto) e sua filha Maria Eugênia (à dir.) e a publisher da Harper’s Bazaar Brasil, Patrícia Carta, em encontro na loja da grife, terça-feira, na programação do Pátio Batel Fashion Walk. | Diego Pisante
A diretora geral da Tiffany & Co. no Brasil, Luciana Marsicano (1ª à esq.), com Mônica Malucelli Amaral (de vestido preto) e sua filha Maria Eugênia (à dir.) e a publisher da Harper’s Bazaar Brasil, Patrícia Carta, em encontro na loja da grife, terça-feira, na programação do Pátio Batel Fashion Walk.| Foto: Diego Pisante

Um comerciante do Batel adotou uma solução literalmente higienista para afugentar os moradores de rua que costumavam dormir sob a marquise de sua loja, localizada numa das esquinas mais movimentadas da Avenida Sete de Setembro. Cansado de limpar a calçada todas as manhãs, antes de abrir as portas, ele implantou no teto da marquise uma engenhoca que lembra um equipamento de irrigação. Trata-se de um discreto sistema de tubulações de PVC que, durante a noite, dispensa gotas de água deixando a calçada molhada e com pequenas poças. Apesar de mínimo, o volume de água dispensado bastou para que os sem teto que ali se acomodavam abandonassem o local.

A superintendente do Pátio Batel, Giulia Quirino (à esq.), o editor de moda da revista Harper’s Bazaar, Lucas Boccalão, e Mariane Caponi, gerente de marketing do shopping.Mana Gallo

Antes de adotar a ideia, o comerciante havia instalado uma grade na lateral da loja, sem efeito. Ele diz que todas as manhãs, ao chegar para trabalhar, encontrava restos de comida e de detritos, causando um forte odor.

Simone Soifer (à esq.), diretora do Pátio Batel, Patrícia Carta e Adriana Cardoso, diretora de Marketing da Rede Bourbon Hotéis & Resorts (à dir.), no lounge da empresa, uma das patrocinadoras do Pátio Batel Fashion Walk. Naideron Jr.

Só rindo mesmo

O presidente da Renault do Brasil, Fabrice Cambolive, disse à coluna na cerimônia de abertura do 25º Festival de Curitiba que pretende assistir a algumas apresentações de stand-up comedy do Risorama para ver como os humoristas estão lidando com a situação política do país. A montadora patrocina o festival pelo quarto ano consecutivo, mas é a primeira edição dele desde que assumiu o posto, em agosto do ano passado.

O presidente da Renault do Brasil, Fabrice Cambolive, e o diretor geral do Festival de Curitiba, Leandro Knopfholz, no coquetel de abertura do evento.Rodolfo Buhrer

Espera aí

A Presidência da República reservou 20 apartamentos do Hotel Bourbon de Curitiba, incluindo a suíte presidencial, na última segunda-feira, mas acabou cancelando as reservas no dia seguinte. Hoje, a presidente visita obras no Aeroporto Internacional Afonso Pena e de lá mesmo vai embora.

zapeando
  • Começa hoje o 68º Campeonato Aberto de Golf Cidade de Curitiba, a partir das 7 h, no Graciosa Country Club, com a participação de mais de 90 golfistas.
  • O desembargador do TRT-PR Ricardo Tadeu Marques da Fonseca, que é deficiente visual, fala sobre inclusão de pessoas com deficiência visual hoje, às 19 h, no auditório do Campus Garcez da Uninter.
  • Hoje tem festa oficial de abertura do Festival de Curitiba, a partir das 23 h, no club Soviet.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]