Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Falta de mais faixas exclusivas colabora com superlotação. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Falta de mais faixas exclusivas colabora com superlotação.| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Para o prefeito Gustavo Fruet, a superlotação apontada pelos entrevistados é reflexo de um conjunto de fatores. Ele fez, porém, uma referência indireta ao metrô ao apontar para a necessidade de investir em um novo modal de transporte de alta capacidade para desafogar o sistema.

“O ônibus sozinho não dá conta da escala para alta capacidade. Precisamos de um modal para mais de 30 mil passageiros por hora que atenderá justamente o usuário que sofre no horário de pico. Fora dessas faixas de horário, o sistema [atual] é excepcional.”

Fruet ainda ressaltou a importâncias das faixas exclusivas para reduzir os tempos de deslocamento. “Na hora que comparamos Curitiba com outras capitais, o resultado é dos mais bem avaliados, principalmente por conta do tempo do deslocamento. E isso se deve à implantação das faixas exclusivas que geram uma reação brutal [do tempo de viagem] logo em um primeiro momento. Instalar cada 200 metros é um parto. Mas depois isso se mostra uma vitória.”

A prefeitura promete entregar até o ano que vem 20 quilômetros de faixas exclusivas na cidade. Até o momento, foram implantados projetos nas ruas Marechal Deodoro, XV de Novembro e Desembargador Westphalen.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]