Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Além do clássico desfile, o município sediou também a 1.ª Corrida Rústica das Escandalosas. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Além do clássico desfile, o município sediou também a 1.ª Corrida Rústica das Escandalosas.| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

A “noite das escandalosas” reuniu milhares de pessoas nas ruas de Antonina nesta segunda-feira (27). O evento no qual homens se vestem de mulher já é uma tradição do carnaval da cidade e, neste ano, chamou a atenção para uma nova atração. Além do clássico desfile, o município sediou também a 1.ª Corrida Rústica das Escandalosas.

Veja fotos

Os participantes correram por um trajeto de 700 metros na avenida, divertindo o público com a qualidade de suas fantasias e o bom humor. O vencedor foi o antoninense Edilson Keretch, que percorreu o trecho com a sua fantasia de presidiária. “Foi muito legal e divertido. Ano que vem eu estou aqui de novo”, conta.

A curiosa competição foi organizada por um grupo de corredores da cidade, que decidiu integrar a corrida com o carnaval. O bombeiro Renato Junior apresentou a proposta e os organizadores da festa incorporaram à programação. Segundo Junior, até o início da prova, havia um temor de que a brincadeira não desse certo. No entanto, 21 “atletas” apareceram para participar e a corrida foi um sucesso. Para o ano que vem, a disputa já está garantida.

Veja também: Carnaval infantil de Morretes é cancelado

Concurso de beldades

Além da corrida, Antonina recebeu também o clássico Desfile das Escandalosas, no qual homens se fantasiam de mulheres para um disputado concurso de beleza. Neste ano, a disputa teve mais de 100 inscritos e atraiu “beldades” de diversos locais. Uma das escandalosas mais badaladas na avenida foi a Arlequina vivida pelo médico Marco Antônio Mesquita.

Trânsito complicado

Quem decidiu ir de última hora para Antonina encarou um trânsito incomum para a região. Por volta das 23h, a fila de carros parados esperando para entrar na cidade chegava a 7 quilômetros. E a causa era simplesmente o alto fluxo de veículos. Muita gente acabou passando a noite de segunda-feira de carnaval no meio da estrada que liga o município a Morretes.

“Essa é a sexta vez que participo. Já sou veterano. Em 2015, fiquei em quarto lugar com minha Lady Gaga”, conta Mesquita. Neste ano, vivendo a vilã dos quadrinhos, ele esperava conquistar o primeiro lugar, mas ficou com a segunda colocação no concurso. Porém, a medalha de prata não o chateou, já que ele continuou sendo uma das escandalosas com quem o público mais queria tirar fotos.

E o desfile não teve apenas um, mas quase duas dezenas de vencedores. O “campeão” do concurso de beleza das escandalosas deste ano foi vencido mais uma vez pelo Bloco das Loucas, um grupo de curitibanos que desce a serra todos os anos para participar a festa. Desta vez, com o tema “As Loucas pela Aposentadoria”, eles invadiram a avenida vestidos de enfermeiras – com direito a ambulância e tudo – e levaram o prêmio. O grupo já havia vencido o concurso no ano passado.

A “enfermeira-chefe” do bloco, Leonardo de Oliveira, conta que o grupo já desfila junto há alguns anos no carnaval da cidade e cresce a cada nova edição. “Atualmente são 18 homens, mas tem também as mulheres e crianças que participam junto. Todos os agregados”, revela. Segundo ele, o tema que garantiu o “bicampeonato” do desfile surgiu com base no noticiário atual. “A brincadeira com a aposentadoria veio depois de tudo o que vimos sobre os problemas da previdência”. Para o ano que vem, contudo, ele espera “notícias melhores” para inspirar o bloco.

Festa infantil

No entanto, as escandalosas não foram a única atração do carnaval em Antonina nesta segunda-feira. Antes mesmo dos foliões fantasiados invadirem a avenida com seus saltos e meias arrastão, a área central da cidade já havia sido ocupada por pais que aproveitaram o fim de tarde para levar as crianças para se divertir.

Ao som de músicas infantis, os pequenos dançavam com suas próprias fantasias – muitas deles inspiradas em super-heróis do cinema, como Homem de Ferro e a própria Arlequina – e faziam a festa com confetes, serpentina e sprays de espuma.

Carnaval infantil de Morretes é cancelado

O carnaval infantil de Morretes teve de ser cancelado após problemas envolvendo a organização do evento e a promotoria local. De acordo o secretario municipal de Turismo e Cultura, Orley Antunes, o concurso de fantasias que havia sido programado para os pequenos teve de ser suspenso após a promotoria da cidade decretar que o evento ia contra a Estatuto da Criança e do Adolescente. “Ela classificou o concurso como certame de beleza, ou seja, uma disputa sobre quem é mais bonito, mas não era essa a ideia”, aponta Antunes.

Segundo ele, o cancelamento foi decretado na última quinta-feira (23) e pegou todo mundo de surpresa. “Ouvimos muitas reclamações de mães que queriam levar os filhos. Elas não quiseram mais participar”, conta. “Ela matou o evento”.

A promotora responsável pela decisão não foi encontrada para comentar o caso.

.

  • Os foliões que participam da corrida capricham nas fantasias. Esse, por exemplo, foi vestido como a personagem Jessie, de “Toy Story 2” e “Toy Story 3”.
  • Detalhe da fantasia do folião que se vestiu como a cowgirl Jessie.
  • Já esse participante preferiu ir de noiva. Até as unhas foram pintadas.
  • Participantes da edição de 2017 da Corrida das Escandalosas se preparam para a largada.
  • Em suas marcas, preparar...
  • Os turistas se reuniram em peso para assistir à Corrida das Escandalosas.
  • Esse participante não se atrapalhou nem com a espuma que era jogada pelas crianças que assistiam à corrida.
  • Já esse preferiu fechar os olhos para não ser atingido.
  • A corrida é uma das principais atrações do carnaval de Antonina, no Litoral do Paraná.
  • O buquê da noiva resistiu até o final da competição.
  • Participantes comemoram e interagem com a plateia quando a linha de chegada se aproxima.
  • Ao final, é o clima esportivo que reina e todos comemoram juntos.
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]