Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | CDC Organization/James Gathany
| Foto: CDC Organization/James Gathany

Curitiba já registra oito casos de zika vírus neste ano. Todos os casos são importados – pessoas que foram contaminadas em outros estados – e não há nenhuma grávida entre os doentes. De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, todos os pacientes passam bem. Os dados constam no último boletim epidemiológico do município, divulgado nesta sexta-feira (12).

Confira os sintomas de uma infecção pelo zika vírus

Maringá, no Noroeste do Paraná, confirma 4 infecções pelo zika

Na semana passada, o município já havia confirmado o primeiro caso de zika registrado em 2016. Tratava-se de uma paciente que foi infectada em uma viagem para o Rio de Janeiro . Em todo o ano de 2015, foram apenas dois casos importados de zika no município.

Segundo a Secretaria de Saúde, em todas as situações, foram realizadas ações de bloqueio . Nesse tipo de ação, é feita uma busca ativa por focos do Aedes aegypti num raio de 300 metros da casa do paciente. A medida tem como objetivo reduzir a possibilidade de transmissão do vírus, que tem como principal vetor o mosquito.

Dengue

O mesmo tipo de ação é realizada para a dengue. Até o momento, o município já notificou 142 casos da doença. São trinta e seis a mais que na semana passada. Todos eles são importados – 84 de cidades do interior do Paraná e 58 de outros estados. Só de pessoas que se contaminaram em Paranaguá, já há o registro de 57 pacientes.

A cidade do litoral do estado vive uma epidemia de dengue neste verão. Até a última quarta-feira (10), eram 3.138 casos da doença notificados no município. Em todo o estado, são 4.806 casos confirmados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]