• Carregando...
Organizadores esperam levar ao menos 60 mil para as ruas | Hugo Harada/ Gazeta do Povo
Organizadores esperam levar ao menos 60 mil para as ruas| Foto: Hugo Harada/ Gazeta do Povo

A região central de Curitiba será o palco neste domingo da 9.ª edição da Parada da Diversidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis). Os organizadores esperam reunir ao menos 60 mil pessoas em uma passeata entre a Praça 19 de Dezembro, no Centro, e a Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico. Diversas ruas terão bloqueios e ônibus seus trajetos modificados enquanto os participantes estiverem em uma passeata prevista, que deve durar das 14 às 17h30. Já o evento inteiro começa ao meio-dia e termina às 20 horas.

A concentração dos participantes na Praça 19 de Dezembro começa ao meio-dia. Márcio Marins, coordenador cultural da Parada, explica que o público ficará no local até que os shows comecem – o que está marcado para acontecer às 14 horas. No total, são 13 atrações, que vão de bandas locais a artistas da noite de Curitiba. Entre os destaques estão a rainha da Parada, Shayenne Ashyla, e o cantor Eduardo Kaczan.

Com o início dos shows, às 14 horas, todos partem pela Rua Barão do Cerro Azul até chegar à Avenida Cândido de Abreu. A passeata será guiada por dois trios elétricos e outros dois mini-trios. Todos seguirão pela avenida que corta o Centro Cívico até o Palácio Iguaçu, mais precisamente na Praça Nossa Senhora de Salete. A chegada à sede do governo do Paraná está prevista para as 17h30. Os shows vão continuar no local até por volta das 20 horas, segundo Marins.

"Estamos esperando uma grande participação de Curitiba, região metropolitana, algumas cidades do interior com caravanas, de Santa Catarina também", diz o coordenador cultural. Segundo ele, foi solicitado aos órgãos de segurança que seja feita uma vigilância reforçada durante o evento. "Nós convidamos toda a sociedade curitibana e do Paraná a participar do evento para mostrar que queremos um mundo livre de qualquer tipo de preconceito."

A prefeitura de Curitiba informou, em nota, que agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, guardas municipais e policiais do Batalhão da Polícia de Trânsito estarão nas áreas de bloqueio para orientar o trânsito durante todo o evento.

Aniversário

A Associação Paranaense da Parada da Diversidade (Appade) comemora 10 anos em 2014. Por isso, o tema desta edição da Parada pretende juntar todos os temas trabalhados em anos anteriores. O mote a ser marcado nesta edição é: "Appade 10 anos com você por um Paraná sem homofobia, lesbofobia, transfobia, machismo e racismo".

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]