A Polícia Militar (PM) apreendeu, na noite de quarta-feira (29), 23 máquinas caça-níqueis dentro de uma residência no bairro Rebouças, em Curitiba, após receber uma denúncia anônima sobre estupro.

Os policiais foram até o local, na Rua Almirante Gonçalves, e constataram que era, na verdade, um ponto para a prática de jogo ilegal. "Durante a revista encontramos as máquinas", disse o capitão João Carlos Toledo, do 12º Batalhão.

Um homem de 33 anos, responsável pelos equipamentos, foi levado para o Centro Integrado de Apuração Criminal (Ciac), onde assinou um termo circunstanciado. As máquinas foram levadas para o 7º Distrito Policial.

Outro caso

Na noite de terça-feira, a PM recebeu uma denúncia anônima de que uma mulher idosa tinha sido assaltada por dois homens, que entraram em uma casa na Rua Saldanha da Gama, no Centro da capital. A polícia foi até o local e não encontrou assaltantes ou vítima, mas 28 máquinas caça-níqueis.

De acordo com o capitão, no local havia, inclusive, uma câmera de segurança para monitorar a chegada da polícia. Sete pessoas que estavam no estabelecimento, entre responsáveis pela casa e jogadores, foram levadas para a delegacia.

Apesar da semelhança nas denúncias, a polícia descarta que tenham sido feitas pela mesma pessoa. "Provavelmente não foi, porque foram casas de jogos distantes uma da outra. É comum ter denúncia de parentes dos jogadores e de vizinhos dessas casas", disse Toledo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]