i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Nova Gripe

Depois de três mortes, município gaúcho decreta situação de emergência

Secretaria de Saúde de RS confirmou mais quatro mortes neste domingo. No entanto, Ministério da Saúde ainda contabiliza 11 mortes

  • PorAgência Brasil
  • 20/07/2009 06:50

O município de Uruguaiana, no interior do Rio Grande do Sul, decretou situação de emergência por causa dos casos de influenza A (H1N1), a nova gripe. A medida foi tomada depois que três pessoas morreram na cidade em decorrência da doença, entre elas, uma mulher grávida de oito meses e uma menina de 5 anos.

A Secretaria de Saúde de Rio Grande do Sul confirmou mais quatro mortes neste domingo. As informações do governo gaúcho ainda não foram confirmadas pelo Ministério da Saúde, que ainda considera 11 mortes no país.

Em nota, o prefeito de Uruguaiana, Sanchotene Felice, informou que agendou uma reunião para esta segunda-feira (20) com o secretário de Saúde do estado, Osamra Terra, em Porto Alegre.

De acordo com a prefeitura, Uruguaiana é sede do maior porto seco da América Latina. Oitocentos caminhões transitam diariamente pela Ponte Internacional Brasil Argentina, o que facilita contágios e enfermidades, destaca a nota.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.