i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rodovia

Diplomata japonês morre em acidente em GO

Shoji Nishijima, de 63 anos, o número dois da representação japonesa no país, abaixo apenas do embaixador, morreu na hora, depois que Honda Fit que conduzia bateu de frente com um Chevrolet Kadett, por volta das 18h

  • PorAgência Estado
  • 30/07/2012 11:43

O ministro da Embaixada do Japão no Brasil e uma funcionária morreram na tarde de sábado, 28, em um acidente de carro na GO-118, na altura de Planaltina. Shoji Nishijima, de 63 anos, o número dois da representação japonesa no país, abaixo apenas do embaixador, morreu na hora, depois que Honda Fit que conduzia bateu de frente com um Chevrolet Kadett, por volta das 18h. Yuka Fukuchi, de 24 anos, do setor administrativo da embaixada, morreu no hospital, às 21h45. Os dois ocupantes do Kadett, o motorista Edmar Carlos Torres, de 48 anos, e sua mulher, Selma de Fátima, de 47 anos, também morreram no local.

A mulher do ministro, Akemi Nishijima, cuja idade não foi informada, se feriu no acidente e, de acordo com a Embaixada do Japão, continua internada - seu estado de saúde e o nome do hospital não foram informados. A assessoria de imprensa da embaixada afirmou que o ministro estava no Brasil desde abril. O destino dos corpos ainda não foi definido.

A batida ocorreu na altura do km 1 da GO-118, próximo ao trevo de acesso para a rodovia DF-345. De acordo com o coronel Anésio Barbosa da Cruz, porta voz da Policia Militar de Goiás, o trecho tinha acabado de ser recapeado e estava sem sinalização horizontal.

"Acreditamos que isso influenciou na batida. Ao que parece, o motorista do Kadett invadiu a pista contrária", disse o coronel. Segundo ele, não foi feito teste de dosagem alcoólica nos condutores e ainda não há prazo para o resultado da perícia, devido à greve dos peritos e demais policiais civis de Goiás.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.