Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo
| Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Recordes

Cascavel - 37,4°C

Cândido de Abreu - 36,7ºC

Cambará - 39,8°C

Cianorte - 40,1°C

Com temperaturas máximas acima das registradas em capitais do Nordeste, quatro cidades paranaenses registraram neste domingo recordes de calor para o mês de outubro.

Em Curitiba, os termômetros chegaram a marcar 32°C. De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, as altas temperaturas devem perdurar no estado, pelo menos, até a próxima quinta-feira (16).

Confira a previsão do tempo para os próximos dias em todas as cidades do Paraná

Fotos: veja como foi a festa do Dia das Crianças no Parque Barigui Os recordes de temperatura já haviam sido quebrados ontem, mas foram superados hoje. Segundo o Simepar, os termômetros marcaram 37,4°C em Cascavel -- ante 36,6°C apontado no dia 29 de outubro de 2007; 36,7ºC em Cândido de Abreu – superando os 36,1 de 2012; 39,8°C em Cambará – cujo recorde anterior era de 39 °C; e 40,1 °C em Cianorte, que não tinha temperatura tão alta desde 2002, quando entrou em operação a estação meteorológica da região. Curitiba não atingiu seu recorde histórico, de acordo com os dados do Simepar. Os termômetros apontaram 32°C na capital paranaense, três abaixo da temperatura registrada em 30 de outubro de 2012. De qualquer forma, quem passeou pelos parques curitibanos na tarde deste domingo enfrentou um calor superior aos registrados em cidades como Salvador, Recife e Fortaleza – cujas máximas não ultrapassaram 28°C. Segundo análise do meteorologista do Simepar, Reinaldo Olmar Kneib, além do o calor, os índices de umidade relativa do ar estão muito baixos na maior parte do Estado. "Como normalmente se espera, a metade norte do Estado mostra os menores valores, abaixo de 20 %", disse o meteorologista ao site do instituto tecnológico. Para esta semana, o instituto prevê poucas mudanças nas condições do tempo. A segunda feira, por exemplo, será mais um dia de extremo calor e com baixa possibilidade de chuvas, segundo o Simepar. O índice de umidade no norte e noroeste paranaenses, por exemplo, deve se manter abaixo dos 30%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]