Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Segundo especialistas ouvidos pela Folha de S.Paulo, uma falha em uma das pás do helicóptero pode ajudar a explicar o acidente que matou na última quinta-feira (2), em Carapicuíba, o filho do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), Thomaz Rodrigues Alckmin, 31, e mais quatro pessoas.

Para os pilotos e especialistas, a perda total ou até mesmo parcial de uma das pás que sustentam o helicóptero é o pior dano que pode ocorrer durante um voo.

O defeito também poderia a ajudar a entender o motivo pelo qual o helicóptero caiu subitamente em uma trajetória horizontal. As imagens do momento da queda foram captadas por uma câmera de monitoramento.

“Se fosse algum outro defeito, como uma falha de motor, o helicóptero ainda teria o mínimo de sustentação para pousar com relativo controle. O que se vê não é isso. Pelas imagens, o helicóptero caiu como um tijolo, sem sustentação nenhuma”, diz Carlos Camanho, analista de segurança de voo.

As imagens do acidente ainda sugerem que um objeto caindo logo após o helicóptero. Segundo especialistas, o objeto pode ser parte da pá solta. A pá foi localizada quebrada próximo ao acidente.

Além de Thomaz Rodrigues Alckmin, 31, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, 53, e os mecânicos Paulo Henrique Moraes, 42, Erick Martinho, 36 e Leandro Souza, 34.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]