Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Fim de festa: camarotes da Guaratubanda são desmontados no litoral do Paraná. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Fim de festa: camarotes da Guaratubanda são desmontados no litoral do Paraná.| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Mesmo com as altas temperaturas, nem todo mundo aproveitou o sol e o calor do litoral paranaense para ir à praia nesta terça-feira (28). Para muitos turistas, o carnaval já acabou e é hora de encarar a estrada. E o movimento nas rodovias já é alto. Na BR-277, que liga as praias do estado à Curitiba, o número de carros voltando a capital chegou a 1.900 por hora no início desta manhã.

Em Guaratuba, muitos dos foliões decidiram se despedir da cidade mais cedo exatamente para evitar um trânsito mais complicado à tarde. A família de Ana Carolina Mello, por exemplo, deixou o município ainda na hora do almoço. “Estamos saindo cedo para não pegarmos tanto movimento na estrada. Sempre tem fila no ferry boat”, conta.

E ela não é a única. Nos hotéis da região, boa parte dos hóspedes já deixou os quartos em direção às suas cidades de origem. “A grande maioria do pessoal está indo hoje”, conta a recepcionista do Hotel Villa Real, Renata de Bonfin. “Eles preferem sair ainda de manhã porque sabem que o trânsito na saída é complicado”. Segundo ela, a partir desta Quarta-Feira de Cinzas, “Guaratuba morre”.

Em Guaratuba, muitos dos foliões decidiram se despedir da cidade mais cedo exatamente para evitar um trânsito mais complicado à tarde.Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Último banho de mar

Porém, nem todo mundo pensa assim. Quem pôde estender o feriadão até quarta-feira aproveitou o movimento reduzido na praia para se jogar no mar. Foi o caso de Fernando Thá, que veio com a família nesta manhã de carnaval. Natural de Curitiba, ele conta que o tempo bom ajudou durante o feriado. “Tivemos sorte. A previsão do tempo disse que ia chover todos os dias, mas ela errou. Ainda bem”, comemora sua esposa, Mônica Thá.

Quem também volta para sua cidade somente amanhã é Mônica Hrescak. Ela veio com família e amigos para a praia aproveitar o movimento reduzido na faixa de areia e descansar depois de dias de folia e passeios no litoral. Como é a primeira vez que eles passam o feriado em Guaratuba, decidiram usar o último dia para curtir à beira-mar. Ainda assim, ela diz preferir Caiobá. “Lá é melhor, com um fervo maior”, brinca.

Som alto e bagunça

Apesar de ser quase um consenso entre os moradores do litoral de que o carnaval deste ano foi mais tranquilo, as festas não ficaram livre de reclamações. Alguns turistas apontaram falta de policiamento na praia, principalmente durante a madrugada. “Depois das 3h, era muita bagunça aqui na orla e a gente não conseguia dormir”, conta a estagiária Ana Carolina Mello. Hospedada em um hotel à beira-mar, ela conta muitos foliões estendiam a festa com caixas de som na rua e não havia policiamento para controlar esse tipo de ação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]