Centro de operações da base de lançamento do foguete brasileiro de médio porte VSB-30 V07 da Base de Alcântara | Divulgação
Centro de operações da base de lançamento do foguete brasileiro de médio porte VSB-30 V07 da Base de Alcântara| Foto: Divulgação
  • Lançamento do foguete brasileiro de médio porte VSB-30 V07 da Base de Alcântara

Foi lançado ao ar neste domingo (12) com sucesso, do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, o foguete de médio porte VSB-30. Desenvolvido por técnicos brasileiros, o foguete foi projetado para ter uma autonomia de voo de 250 quilômetros e carregar até 400 quilos. Inicialmente, o lançamento do VSB-30 estava previsto para as 10 horas deste domingo (11 horas de Brasília), mas segundo a assessoria de imprensa da CLA, por conta de uma questão técnica, o lançamento ocorreu às 12h30 no horário local (13h30 de Brasília).

Apesar de ter autonomia de 250 quilômetros de voo, o foguete brasileiro percorreu uma distância de 100 quilômetros de altitude, levando dez experimentos de universidades, institutos de pesquisas e alunos do ensino fundamental que integram os programas desenvolvidos pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), para serem submetidos a testes no ambiente de microgravidade, que se encontra a partir dos 100 quilômetros de altura.

Por volta das 15 horas (de Brasília), depois do sucesso de lançamento e retorno do BSB-30 à Terra, foi iniciado o processo de recuperação da carga útil do foguete. Ou seja, os dez experimentos que foram submetidos ao ambiente de microgravidade caíram no mar e estão sendo resgatados numa operação que envolve helicópteros da Aeronáutica.

De acordo com a assessoria de imprensa do CLA, por ter experimentos, a carga útil do foguete não pode ficar no mar. Os resultados sobre como se comportaram os experimentos no ambiente de microgravidade serão conhecidos posteriormente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]