Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Folia, chuva e frio compõem o clima do carnaval de rua curitibano

Carnaval em Curitiba

Folia, chuva e frio compõem o clima do carnaval de rua curitibano

Mesmo com o clima pouco propício para a folia, blocos e escolas de samba abriram os desfiles com muito samba no pé e alegria

  • Da Redação com informações de Gabriel Azevedo
  • Atualizado em às
Mocidade levantou o público na arquibancada com o samba enredo:
Mocidade levantou o público na arquibancada com o samba enredo: "A felicidade pousou na Mocidade"
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Folia, chuva e frio se misturaram na primeira noite do Carnaval de Curitiba. Fez frio durante todo o sábado (5) na capital paranaense, à noite começou a chover, e os blocos e as escolas de samba curitibanos entraram na Avenida Cândido de Abreu com a missão de esquentar o clima.

Até por volta das 20 horas, o público no local dos desfiles era de 12 mil pessoas, contando com os próprios integrantes das agremiações, aproximadamente 2 mil pessoas. O número aumentou um pouco no final da noite. Às 22 horas o total registrado já era de 20 mil pessoas, a expectativa inicial da organização do evento, de acordo com a Fundação Cultural de Curitiba (FCC).

O primeiro bloco a entrar na Cândido de Abreu foi o Afoxé, às 18h30. O tradicional Rancho das Flores, do grupo da terceira idade foi o último a se apresentar, às 20 horas. A foliã Elzira Marques, 77 anos, desfilou pela terceira vez neste bloco. Para ela é uma alegria imensa poder participar do carnaval de rua de Curitiba. "Eu tenho muito samba para mostrar. Espero o ano inteiro por estes minutos na avenida", afirma.

Com o início da chuva, por volta das 20h30, algumas pessoas começaram a ir embora. Os que optaram por ficar, improvisaram para se proteger da água. Alguns usaram até a estação-tubo da avenida para não se molhar. "Pode chover até canivete, que vamos ficar aqui", disse o auxiliar de enfermagem Roberto Alves, 39 anos, que pela primeira vez acompanhava, junto com a esposa e seu filho, o desfile na Cândido. Em poucos minutos o tempo melhorou e o samba voltou a tomar conta da avenida.

A partir das 21 horas começaram os desfiles das escolas de samba do grupo B. As duas a se apresentar foram: Internautas, com o samba enredo "Uma dádiva da natureza" e Unidos de Pinhais, que trouxe o samba "Bonecos em desatino levando pelo destino – Por um mundo encantado dos bonecos".

Às 22h40, iniciram os desfiles do grupo A, com a Mocidade Azul. A escola literalmente esquentou o clima no Centro Cívico com seu samba enredo "A felicidade pousou na Mocidade". A entrada na avenida foi regada a fogos e muito batuque, o que levou os foliões ao delírio.

A torcida da Mocidade Azul se destacou na arquibancada. Com bandeiras, uniformes e balões azuis e brancos, cores da escola, eles fizeram a festa. "Não resta dúvida, vai dar Mocidade", torcia José Pereira Racin, 27 anos, estudante de Direito. Mas as outras escolas do bloco especial também contavam com torcedores. "Assim como no ano passado, a [Acadêmicos] Realeza vai fazer bonito e ganhar", entusiasmou-se a comerciante Isabela Domingues Dias, 31 anos.

Depois da Mocidade Azul, a Leões da Mocidade invadiu a avenida com o samba enredo "De um sonho, a realidade que se deu, um lar para chamar de seu"; Depois vieram as escolas Embaixadores da Alegria, com o samba "Mérica, que coisa é essa Mérica? Da fome às três santas felicidades..." e Acadêmicos da Realeza, escola campeã no carnval do ano passado, com o tema "De um ponto faz-se um conto... De trás pra frente é diferente e ponto!".

Jaciel Teixeira, presidente da Comissão Executiva do Carnaval de Curitiba, disse que a festa de 2011 mostrou, mais uma vez, que Curitiba tem um carnaval animado. "Mesmo com a chuva, temos 20 mil pessoas aqui. Muito samba, muita alegria e uma organização excelente", afirmou.

A Polícia Militar informou na manhã deste domingo (6) que o carnaval de rua curitibano ocorreu de forma tranquila, tanto na Cândido de Abreu quanto nas imediações. Ninguém foi detido. Ao todo 200 policiais fizeram a segurança no local dos desfiles.

O Resultado da escola campeã será divulgado neste domingo (06), às 14 horas, no Memorial de Curitiba, na Rua Claudino dos Santos nº, 79, no centro histórico da cidade.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE