i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Raposa Serra do Sol

Governo acredita que STF vai manter demarcação contínua, diz Tarso

Ministro diz que União vai cumprir decisão sobre Raposa Serra do Sol. Governador de RR afirmou nesta segunda que haverá conflito na região

  • PorG1/Globo.com
  • 08/12/2008 16:32

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse nesta segunda-feira (8) que o governo acredita que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão votar a favor da manutenção da demarcação contínua da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima. Contudo, o ministro afirmou que o governo acatará a decisão da Suprema Corte mesmo que seja por uma mudança na forma de demarcação.

"Nós acreditamos que a solução é a continuidade e esta é a tradição do Supremo no país. Essa é a melhor interpretação da Constituição. Acreditamos que supremo vai julgar pela continuidade, mas seja qual for a decisão nos vamos cumprir", disse ele após o lançamento da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública.

Mais cedo, o governador de Roraima, José de Anchieta Junior, disse, segundo a Agência Brasil, que qualquer que seja a decisão do STF haverá conflito na região. "Lá, o clima é tenso. Seja qual for o resultado, haverá conflito", afirmou a agência.

O ministro negou que isso ocorra e disse que, da parte do governo federal, não haverá conflito. "Da nossa parte não vai ter conflito e seja qual for decisão do Supremo nós vamos cumpri-la", respondeu ao ser questionado sobre as declarações do governador, que é contra a demarcação contínua na região.

Questionado sobre a necessidade de deslocar forças federais para Roraima, Tarso não respondeu. "O governo está preparado para cumprir fazer cumprir a lei e as decisões dos tribunais. Questões técnicas mais tarde eu informo", disse.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.