i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Chuvas

Governo federal envia especialistas em desastres para região serrana do Rio

Grupo vai avaliar situação dos municípios mais prejudicados pelas chuvas. Médidos e enfermeiros também estão à disposição

  • PorFolhapress
  • 14/11/2012 16:25

O governo federal enviou nesta quiarta-feira (14) uma equipe com pelo menos seis técnicos especialistas em avaliação de desastres para os municípios prejudicados pelas fortes chuvas nos últimos dias na região serrana do Rio. Segundo o Ministério da Saúde, um grupo de médicos e enfermeiros da Força Nacional do SUS (Sistema Único de Saúde) também está de prontidão para casos emergenciais.

A decisão de enviar os técnicos ao Rio partiu do secretário nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, coronel Humberto Viana, depois de uma reunião com o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ontem, no Palácio do Planalto.

A reportagem tentou contato com o Ministério da Integração Nacional, mas não obteve retorno. O Ministério da Saúde afirmou, através da assessoria, que os técnicos do governo federal "realizam um diagnóstico da situação na região serrana do Rio para identificar as necessidades de insumos e avaliar as estruturas que podem ter sido comprometidas".

"Médicos e enfermeiros já estão mobilizados para serem deslocados rapidamente para lá caso seja necessário", disse por telefone a assessoria do Ministério da Saúde.

Ainda de acordo com o ministério, a equipe técnica deve permanecer 10 dias no Rio para a conclusão da avaliação. A pasta não divulgou quais municípios da região receberão a visita.

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou em nota que, até o momento, não houve necessidade do pedido de reforço da Força Nacional de Saúde. O órgão afirmou que vem monitorando a situação de forma integrada com os municípios atingidos pelas chuvas e está pronto para atuar caso seja necessário.

O estado registrou nesta quarta-feira a primeira morte causada pela forte chuva que atingiu a região serrana no início da semana.

Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram na manhã de hoje o corpo do lavrador Fabiano Rodrigues, 26, que foi levado por uma enxurrada ontem quando tentava atravessar o rio Imbé, em Trajano de Moraes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.