i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Bandeiras "progressistas"

Justiça ou militância? Como os governos impõem a cultura da diversidade às empresas

  • Por Leonardo Desideri
  • 22/09/2020 21:00
diversidade
No Brasil, prefeitura de São Paulo iniciou tendência de impor a cultura de diversidade a empresas.| Foto: Heloísa Ballarini/Secom-PMSP

A cultura da diversidade tem invadido empresas e instituições de todo o mundo por meio da criação de setores internos dedicados a promovê-la e, como no caso recente da varejista Magazine Luiza – que criou um programa de trainee exclusivo para negros –, da adoção de processos seletivos e outros programas voltados especificamente a certos grupos sociais considerados discriminados.

E, nos últimos tempos, os promotores da cultura da diversidade ganharam um aliado dentro do mercado de trabalho: o poder público. Em diversas partes do mundo, leis e decisões judiciais têm obrigado instituições privadas e públicas a cumprir certos requisitos para promover não só a igualdade racial, mas também a ideologia de gênero, as bandeiras LGBT e o feminismo radical.

Na Argentina, por exemplo, o presidente Alberto Fernández assinou, no dia 4 de setembro, um decreto para exigir que os cargos de instituições do setor público sejam ocupados por travestis, transexuais e transgêneros “em uma proporção não inferior a 1% da totalidade” dos funcionários, de acordo com o texto do documento.

Segundo o site El Confidencial, o Ministério do Trabalho da Espanha está elaborando uma lei para que empresas com mais de 50 funcionários sejam obrigadas a enviar informes sobre salários de seus trabalhadores, para que o governo analise se há igualdade de gênero entre eles. As empresas também deverão elaborar planos de igualdade e apresentá-los ao governo. O governo espanhol também estuda fazer algo semelhante, até o fim do ano, para pessoas LGBTI.

Esse tipo de relatório sobre as diferenças salariais entre homens e mulheres já é obrigatório no Reino Unido desde 2018. Nos últimos meses, ganha força a ideia de fazer o mesmo com a questão racial.

Nos EUA, avança a imposição da diversidade por vias legislativas e judiciais

Na Califórnia, estado dos EUA que já exige por lei que mulheres participem de conselhos diretores de empresas de capital aberto, a assembleia legislativa local aprovou no fim de agosto outra lei para que essas empresas também tenham pelo menos um membro de minoria em seus conselhos diretores até o fim de 2021.

Caso a lei seja sancionada pelo governador da Califórnia, Gavin Newsom, as empresas precisariam ter já no próximo ano nesses conselhos pelo menos uma pessoa identificada como negra, hispânica, latina, asiática, das ilhas do Pacífico, nativa americana, nativa havaiana, nativa do Alasca ou então gay, lésbica, bissexual ou transgênero.

Pela mesma lei, no fim de 2022, a cota aumentaria: as empresas com nove membros no conselho diretor seriam obrigadas a ter pelo menos três diretores cumprindo algum desses requisitos. Aquelas com quatro a oito membros no conselho seriam obrigadas a ter pelo menos dois diretores que cumprissem uma dessas condições.

Também nos Estados Unidos, em junho deste ano, a Suprema Corte decidiu por 6 votos a 3 que pessoas gays e transgênero são protegidas pelo Inciso VII da Lei de Direitos Civis de 1964, que proíbe que empregadores discriminem empregados com base no sexo, além de raça, cor, origem nacional e religião.

Defensores das minorias sexuais temiam os votos de dois juízes nomeados pelo presidente Donald Trump, mas foi um deles, Neil Gorsuch, quem redigiu a decisão da maioria. Os casos que motivaram o julgamento diziam respeito a dois homens homossexuais e uma pessoa transgênero que alegaram ter sofrido discriminação no emprego devido à orientação sexual.

No Brasil, prefeitura de São Paulo inicia tendência

No Brasil, mesmo depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter equiparado a homofobia ao racismo, há alguns esforços também no âmbito legislativo para reforçar a vigilância da diversidade em empresas.

A prefeitura de São Paulo, por exemplo, sancionou em janeiro de 2020 uma lei que, entre outras coisas, define punições para empresas que fizerem “demissão direta ou indireta em função da orientação sexual do empregado”. O projeto, de 2015, foi de autoria da então vereadora e atual deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP). A ideia já está sendo copiada: um projeto semelhante avançou na Câmara Municipal de Santos (SP) em agosto.

Também em São Paulo, a prefeitura concede um “Selo de Direitos Humanos e Diversidade” a empresas que tenham ações voltadas à promoção da diversidade e da inclusão.

Diversidade também envolve causas menos polêmicas

Embora em muitos casos a interferência do governo em pautas de diversidade nas empresas seja voltada a satisfazer bandeiras tipicamente "progressistas", como as causas LGBT, nem sempre as leis sobre diversidade têm esse viés.

Já houve casos na história em que normas do tipo foram pouco questionáveis em seus propósitos, como a lei brasileira de 1991, que instituiu cotas para deficientes nas empresas. A lei exige que empresas com cem ou mais funcionários destinem uma quantidade determinada de vagas para pessoas com deficiência. As exigências aumentam quanto maior o tamanho da empresa. Companhias com mais de mil funcionários, por exemplo, precisam dedicar 5% das vagas para deficientes.

No ano passado, a Câmara dos Deputados ameaçou votar um projeto que flexibilizava essa lei, mas a repercussão fez com que o projeto deixasse de ser considerado urgente.

21 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 21 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Rômulo Viel

    ± 7 dias

    Essa imposição é inaceitável.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURO FONSECA DE MACEDO

    ± 7 dias

    Discriminar alguém em razão do sexo ou orientação sexual é tão absurdo quanto exigir cota para minorias dentro do conselho de administração de empresas. Parem o mundo que eu quero descer!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FB

    ± 7 dias

    Então, o nazismo estava certo, existem pessoas diferentes umas das outras e o que separa é a cor da pele e métricas físicas? Dane-se competência, seus direitos é definido pela genética? Parabéns extrema-esquerda, vocês estão reabilitando Hitler, Goebbels e Menguele.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSE Z. NETO

    ± 7 dias

    Li em um livro, que haviam duas cidades chamadas Sodoma e Gomorra, me parece que começam a aparecer muitas cidades com a mesma características no mundo.Se não me engano o final foi bem trágico para aquelas cidades, mas esperem " Deus " está morto segundo um tal de Friedrich Nietzsche, então estamos salvos, e também aquele livro velho que li já foi cancelado pelos intelectuais e inteligentinhos de Hollywood e pela mídia em geral que segue a religião marxista.Todos terão a resposta de qual livro é a verdade assim que fecharem os olhos pra sempre.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Filipe De Levrero

      ± 7 dias

      sensacional rs

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Thiago

    ± 7 dias

    Quando se quer promover mudanças em uma sociedade que pretende ser democrática não se deve começar pelas leis e muito menos pela interpretação judicial delas. A função do Direito é mediar conflitos entre as forças sociais existentes, não empurrar goela a baixo da maioria os postulados aceitos por uns poucos. O neo-feudalismo LGBTecétera, supremacista racial negro, e misândrico continua pesando a mão no autoritarismo e abusando da hegemonia que ainda tem dentro das universidades, redações, e entre artistas Já perdeu algumas eleições para as pessoas "horríveis e irredimíveis" que tenta calar no grito, mas não aprendeu nada nessas derrotas. Nesse rumo a ruptura institucional se torna plausível

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ruy de Oliveira Melo

    ± 7 dias

    Deixem de bobagem vão procurar algo mais construtivo pra fazer. AQUI É BRASIL! - gomorra é "protas banda" misifio...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eden Lopes Feldman

    ± 7 dias

    A cultura progressista vai acabar sendo um processo de desestímulo aos critérios de competência, pois muitos por entenderem que existem vagas garantidas acabarão se tornando pessoas sem estímulo. E ainda gerando uma dicotomia dentro das empresas por existirem diferenças impostas em contratações. E cidadãos que possam vir a ser contratados por absoluta imposição podem ser inibidos em suas atividades por uma recusa de aceitação deste processo. E isto não significa rejeição a pessoa, mas ao processo em si. A tendência natural é que comportamentos sociais ditos diferentes devam ser aceitos pela compreensão, e não pela imposição. Assim é o ser humano. E estas leis em nada ajudam.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cidadão Brasileiro

    ± 7 dias

    O que move a cultura LGBTx(etc.) é o imenso mercado de produtos e serviços que se formou voltado a esse segmento. Sejam mais ou menos adequadas ao zeitgeist, questões morais, de saúde, ambientais, éticas, culturais, legais, não demovem o ser humano de atividades lucrativas: do tráfico de drogas ilícitas ao comércio de substâncias legalizadas; da prostituição de pobres até a de luxo; das ONGs de fachada ao abuso de entidades religiosas sobre os fiéis; do roubo de $ público e sonegação até a lavagem de dinheiro; do desmate e poluição deliberados ao comércio de lagosta ilegal; da rinha de galo ao cassino. Assim funciona o mundo de fato, não o de direito, de deveres, de direita ou de esquerda.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MIchel Lima

    ± 7 dias

    Isso sim fará aumentar o ódio às minorias. Qualquer um que veja sua competência substituída por um critério de escolha diferente da meritocracia ficará com ódio daquele que foi escolhido. Essas políticas afirmativas certamente terão o efeito contrário.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FlavinCadena

    ± 7 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NH4NO3

    ± 7 dias

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • R

      RPM

      ± 7 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Maquiavel

      ± 7 dias

      Uuuuuiiiii..,

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eldo Brito

    ± 7 dias

    Onde foi parar o direito a propriedade, agora o estado impõe regras de quem você deve contratar. Logo, logo eles irão definir quem você deve demitir.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • S

      Sartan

      ± 7 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      RPM

      ± 7 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Maquiavel

      ± 7 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • N

      NH4NO3

      ± 7 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Henrique

    ± 7 dias

    Não estou certo se foi o Olavo de Carvalho quem cunhou a expressão, mas sei que ela resume perfeitamente este estado de coisas: gayzismo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Daniel M

    ± 7 dias

    Progressividade, evolução normal da nossa raça ou uma agenda imposta sobre nós?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]