Bancários aderiram aos protestos contra a reforma da Previdência. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Bancários aderiram aos protestos contra a reforma da Previdência.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Acompanhando a paralisação nacional deste dia 15 de março, os bancários de Curitiba fecharam 35 das cerca de 300 agências da capital paranaense; a maior parte delas concentrada na região central da cidade.

TEMPO REAL: Acompanhe a greve geral em Curitiba

De acordo com Elias Jordão, presidente do Sindicatos dos Bancários de Curitiba e Região, todas as agências que se concentram no eixo central de Curitiba – na Rua XV de Novembro e na Avenida Marechal Deodoro – estão fechadas. Além disso, os bancários fecharam também os centros administrativos dos bancos.

Jordão informou que também há agências fechadas na Região Metropolitana, mas ainda não existe um balaço consolidado das paralisações.

A paralisação dos bancários acontece apenas nesta quarta-feira e segue o calendário nacional de greve geral contra a reforma da Previdência e as reformas trabalhistas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]