Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Dois funcionários da segurança pública foram vítimas de assalto entre a noite de terça-feira (4) e a manhã desta quarta-feira (5), em Curitiba. Um guarda municipal teve a arma roubada no Cajuru e um prestador de serviços da Polícia Civil foi assaltado no Alto da XV, quando a Kombi que ele dirigia foi levada pelos criminosos. O veículo era da corporação.

O guarda esperava o ônibus, na Rua Trindade, quando foi rendido por dois homens armados, por volta das 20 horas de terça-feira. "Os assaltantes se aproximaram em um Santana e deram voz de assalto", relatou o chefe da central de operações da Guarda Municipal, inspetor Vanderson Lima Cubas.

Os dois suspeitos foram localizados pela Polícia Militar na Rua José Hauer, no Boqueirão, cerca de 20 minutos depois do assalto. Claudemir Tomé do Nascimento, 31 anos, e William Siqueira, 20, foram levados para o Ciac-Sul (Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão). O revólver de calibre 38 foi recuperado. Outra arma foi apreendida com os suspeitos. O carro no qual eles estavam também era produto de roubo.

O servidor da Polícia Civil foi abordado também por dois homens na Rua Prefeito Angelo Lopes, no Alto da VX, por volta das 7h45 desta quarta-feira. Segundo o delegado José Vitor Silva Pinhão, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, o carro pertence ao setor de engenharia da divisão de infraestrutura. "É um veículo descaracterizado, que leva apenas ferramentas. O funcionário atua em reparos nas delegacias, como um apoio para as unidades", explicou.

A Kombi foi encontrada por volta das 17h30, abandonada na Rua do Herval, no Alto da XV. Ainda não tinha sido verificado se faltava alguma peça. Ninguém foi preso. "As investigações agora vão partir para tentar identificar os autores do crime", disse Pinhão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]