Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A polícia prendeu no início da noite desta sexta-feira (20) em Antonina, no litoral do Paraná, um homem suspeito de ter estuprado e matado a adolescente S.C.E.S, de 14 anos, por volta das 22 horas da última quarta-feira (18), na mesma cidade. O homem, de 33 anos, é apontado pela polícia como o autor do crime e será transferido para a carceragem de outro município por medida de segurança.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Antonina, Lauro Gritten, Rodrigues foi uma das primeiras pessoas a avisar sobre o corpo da menina, encontrado num matagal próximo à Avenida Conde Matarazzo. "Durante o depoimento ele caiu em contradição e algumas testemunhas o teriam visto no local do crime. Cruzamos informações e chegamos até ele", afirmou o delegado.

De acordo com Gritten, o homem confessou que teria cometido o crime e posteriormente foi reconhecido como o autor de outro estupro, ocorrido em outubro, na mesma região, também envolvendo uma adolescente. "Neste outro caso a vítima não reagiu e acabou sobrevivendo. Pelo que investigamos, a intenção dele era apenas estuprar e não matar", declarou o delegado. Joaquim da Cruz Rodrigues responderá pelo crime de estupro seguido de morte.

A vítima estava desaparecida desde a última quarta-feira (18). No dia do desaparecimento, ela foi à igreja com uma amiga e não retornou mais para casa.

OPERAÇÃO VERÃOO delegado de Antonina salientou que a resolução do caso só foi possível porque contou com o reforço de policiais civis da Operação Verão, iniciada nesta quinta-feira (19), e dos policiais militares do município. "Sem esse reforço as investigações demandariam muito mais tempo porque o efetivo local é pouco", afirmou o delegado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]