Índios ocupam desde a tarde de segunda-feira (13) o prédio da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Altamira, no Pará. A Coordenação Regional da Funasa no Pará informou, em nota, que cinco servidores são mantidos reféns no prédio ocupado.

O grupo protesta contra a demora no repasse de verbas para a saúde. De acordo com a Funasa, a última parcela do convênio com a Prefeitura de Altamira para o atendimento indígena foi paga na segunda-feira (13), no valor de R$ 250 mil.

Segundo a Funasa, os indígenas continuavam no prédio até as 19h desta terça-feira (14).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]