Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Desabrigados: sites ajudam a encontrar locais que recebem sem-teto e dão listas de desaparecidos | Fernando Donasci/Folha Imagem
Desabrigados: sites ajudam a encontrar locais que recebem sem-teto e dão listas de desaparecidos| Foto: Fernando Donasci/Folha Imagem

Tempo melhora, mas estado de alerta continua

O tempo no Vale do Itajaí, região catarinense mais afetada pelas chuvas, deve melhorar nos próximos dias, com abertura de sol e pancadas isoladas. Mas o risco de novos alagamentos e desabamentos em decorrência dos temporais do fim de semana fez a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) manter o estado de alerta na região. "A preocupação é muito mais pela situação que está a região do que pelo que vai acontecer", disse o meteorologista Olívio Bahia do Sacramento Neto, do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). "A área está crítica, com muitos locais alagados. As encostas também estão bastante encharcadas, então, acredito que o padrão do alerta foi mantido para que a população não volte para as áreas de risco", afirma.

Leia a matéria completa

Em meio à tragédia que atingiu cerca de 1,5 milhão de pessoas em Santa Catarina, uma rede de comunicação se formou na internet. A chuva forte, que começou no sábado, isolou vários municípios e chegou a interromper comunicações por telefone. Sem poder sair de casa, moradores das áreas afetadas encontraram na rede mundial de computadores uma ferramenta para troca de informações úteis para os atingidos pelas enchentes.

Blogs foram criados exclusivamente para divulgar informações sobre as condições do tempo, do tráfego e dos comunicados oficiais do governo como a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros. Comunidades virtuais criadas em sites de relacionamento estão recebendo mensagens de pessoas de várias partes do mundo, solidárias com a situação dos atingidos pela tragédia.

A tecnologia também permite que pessoas de longe vejam a situação de calamidade que se instalou em algumas regiões do estado. Milhares de vídeos e fotos, captados por câmeras digitais e celulares, mostram flagrantes de desmoronamentos, de ruas tomadas pela água e até do incêndio que atingiu um gasoduto no município de Gaspar.

A internet se tornou também a principal ferramenta para pessoas de outras localidades encontrarem familiares desaparecidos em Santa Catarina. O blog Lista Enchente publica relações com endereços dos principais abrigos para onde os desalojados foram encaminhados. Os internautas também podem divulgar o nome de parentes e amigos com os quais não consegue contato.

Um dos blogs mais acessados desde sábado é o AllesBlau com noticias de Blumenau, um dos municípios catarinenses mais atingidos pela chuva. A cidade contabilizava 20 dos 97 mortos, segundo o último balanço da Defesa Civil. O blog foi criado pela publiitária Juliana Maria da Silva, que mora há 33 anos na cidade. Ela conta que criou o blog no sábado depois de tentou encontrar informações úteis e não encontrou. "O objetivo era (e ainda é) criar um canal de comunicação mais versátil para nossa cidade", relata Juliana.

Ela conta que o primeiro post foi feito às 17h12 de sábado, mas o trabalho era feito em períodos alternados entre períodos com e sem eletricidade. A publicitária buscou colaboradores e informações pela internet, no Orkut (site de relacionamentos) e Twitter (ferramenta de postagem com poucos caracteres de visualização em tempo real). O resultado foi uma avalanche de acessos. Ela conta que no primeiro dia foram 88 mil visitas e no segundo, 123 mil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]