i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Carrefour

Espancamento e morte de cliente em supermercado: tudo o que se sabe até agora em 7 pontos

  • PorGazeta do Povo
  • 22/11/2020 12:17
Imagens mostram João Alberto sendo espancado por seguranças na loja do Carrefour em Porto Alegre: morto por asfixia.
Imagens mostram João Alberto sendo espancado por seguranças na loja do Carrefour em Porto Alegre: morto por asfixia.| Foto: Reprodução

A morte de João Alberto Freitas, homem negro de 40 anos, em uma loja do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, na última quinta-feira (19) – véspera do Dia da Consciência Negra –, desencadeou protestos por todo o país e repercutiu até fora do Brasil. Na capital gaúcha, em São Paulo, Brasília, Curitiba e no Rio de Janeiro manifestantes protestaram — em alguns casos com violência — cobrando justiça pelo assassinato de Beto, como era conhecida a vítima.

Veja, em 7 pontos, tudo o que você precisa saber para entender o caso:

1. Como João Alberto morreu?

Imagens das câmeras de segurança da loja do Carrefour em Porto Alegre, obtidas pelo Fantástico, da TV Globo, mostram que ele foi espancado por dois seguranças do supermercado durante pelo menos quatro minutos. Depois do início das agressões, um terceiro funcionário da loja participou das agressões.

Nesse tempo, a vítima foi agredida com socos na cabeça e no abdômen. Depois, um dos seguranças sufocou Beto com o joelho, até que a vítima parou de se mexer. Laudo médico de posse da Polícia Civil aponta que a causa da morte foi asfixia.

2. O que desencadeou as agressões?

Antes do espancamento, segundo a polícia, João Alberto havia se desentendido com uma funcionária do supermercado no interior da loja, enquanto fazia compras com a mulher, Milena Borges Alves. A funcionária, então, chamou os seguranças, e ele foi conduzido para fora do supermercado.

Na saída para o estacionamento, a vítima desferiu um soco contra um dos seguranças. A partir disso, os dois funcionários começaram a agredir Beto com chutes e socos e, então, o imobilizaram. Foi com a vítima já no chão que os seguranças desferiram socos em sua cabeça e no abdômen.

3. Quem são os seguranças que agrediram o homem até a morte?

Os dois seguranças envolvidos no assassinato são Giovane Gaspar da Silva, de 24 anos; e Magno Braz Borges, de 30 anos. Giovani era policial militar temporário e, segundo a Polícia Federal, não tinha registro nacional para atuar como segurança.

Os dois são funcionários de uma empresa terceirizada, a Vector Segurança.

4. Havia outras pessoas presentes no momento do espancamento de João Alberto?

Imagens obtidas pelo jornal Folha de S. Paulo mostram que o espancamento foi testemunhado por pelo menos 15 pessoas – entre elas outros funcionários do supermercado. Um homem que estava no local tentou ajudar a vítima, mas a fiscal da loja Adriana Alves Dutra o afastou e chamou mais dois seguranças.

Em outro trecho, Adriana aparece intimidando pessoas que filmavam a ação. “Não faz isso [filmar] que eu vou te queimar na loja”, afirma a fiscal a uma das testemunhas.

As imagens mostram, ainda, que a mulher de Beto, Milena, tentou impedir as agressões, mas foi afastada por três homens uniformizados.

5. O que aconteceu com os dois seguranças responsáveis pelo espancamento?

Giovane Gaspar da Silva e Magno Braz Borges foram presos em flagrante. Na sexta (20), eles tiveram a prisão preventiva decretada. Os dois também foram demitidos por justa causa.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Roberta Bertoldo, a Polícia Civil trabalha para identificar outras pessoas que possam ter contribuído para o crime, até mesmo por omissão.

"Jamais se justificaria qualquer tipo de desentendimento, seja ele qual for, para que levasse a efeito tamanha violência como a que ocorreu durante está ação, desses seguranças, nesse supermercado", afirmou Bertoldo. A Polícia Civil não trata a caso como um episódio de racismo.

6. O que o Carrefour e a empresa de segurança disseram sobre o caso?

Na sexta-feira (20), quando o caso veio à tona, o Carrefour e a empresa de segurança Vector divulgaram notas à imprensa lamentando a morte de Beto Freitas. Veja os dois posicionamentos:

Nota do Carrefour:

O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.

Nota da Vector:

O Grupo Vector, através de seu advogado, vem a público informar que lamenta profundamente os fatos ocorridos na noite de 19/11/2020, se sensibiliza com os familiares da vítima e não tolera nenhum tipo de violência, especialmente as decorrentes de intolerância e discriminação.

Informa que todos seus colaboradores recebem treinamento adequado inerente as suas atividades, especialmente quanto à prática do respeito às diversidades, dignidade humana, garantias legais, liberdade de pensamento, ideologia política, bem como à diversidade racial e étnica.

A empresa já iniciou os procedimentos para apuração interna acerca dos fatos e tomará as medidas cabíveis, estando à disposição das autoridades e colaborando com as investigações para apuração da verdade.

7. Quem era João Alberto?

João Alberto Freitas era negro, tinha 40 anos, quatro filhos e uma neta. O relacionamento com Milena era seu segundo casamento. Antes disso, ele havia se relacionado com Marilene Santos Manuel, com quem teve três filhos.

O casamento terminou após quase 20 anos, e teve episódios de violência doméstica. Pelas agressões à companheira, João Alberto foi preso duas vezes, enquadrado na Lei Maria da Penha.

O corpo de Beto foi enterrado na manhã de sábado (21), em Porto Alegre.

36 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 36 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    Julio C. Valaski

    ± 9 horas

    Um fato que está passando despercebido: Como assim "policial militar temporário"? Que qualificação é essa? Se uma categoria é treinada e preparada para lidar com situações de todo tipo de estresse, pode haver um "temporário" que o substitua?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo H.

    ± 23 horas

    Os fatos são cristalinos: o sujeito deu um soco na cara de um segurança. Esta foi a causa da agressão, não a cor da pele da vítima. Homicídio e tão somente homicídio, foi o que ocorreu. As imagens não mentem. A narrativa de racismo no caso - depois da divulgação do segundo vídeo - é obra de má-fé.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Heinz Egon Landgraf

    ± 24 horas

    Episódio sem conexão com racismo; apenas estupidez e incompetência.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Plinio Jacob Figueiredo

    ± 24 horas

    Deixaram de divulgar a extensa ficha (capivara) do "anjinho". Toda morte de um ser vivo é triste, mas esse aí, agressor de mulheres, procurou, procurou, procurou, até que achou...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roco

    22/11/2020 20:38:45

    Beto?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    jota moreno

    22/11/2020 19:47:53

    Um judeu não permite que sua filha case (preconceito, escala de valores?) com um brasileiro comum e até hoje ninguém morreu em razão de tal ou pelo menos é o que sabemos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Celito Medeiros

      22/11/2020 20:01:05

      Judeus se casam com Judeus se continuarem sob as normas Judaicas. De semelhante forma, Católicos se casam com Católicos. Não existem exceções. Sim, nada impede que um Judeu se case com uma Mulher de outra religião, nem de Católicos, mas o que não pode é o casamento apenas social, isto seria o Casamento Civil. Se alguém se declarar Judeu e desejar se casar perante as normas do Catolicismo, terá que fazer tal juramento. Tudo normal.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pzig

    22/11/2020 19:24:30

    Parabéns pelo equilíbrio Gazeta! Destoa da mídia sensacionalista e incitações de ódio

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Celito Medeiros

    22/11/2020 18:48:22

    Regra Geral que todos podem compreender: Jamais se envolver em conflitos para perder. Agressões em que pessoas são pagas para dar segurança, muitas vezes nos parecem exagerados ou mal preparados. Então como julgar? É complicado mesmo. Seja em briga de bar, de rua, defender amigos ou família, já estamos metidos sem condições de avaliar a situação, mas sempre imobilize o adversário, não o amigo. Toda intervenção que alguém julgar necessária, saiba que deverá resolver, esperando que não aconteça o pior a ninguém. Exigirá uma ação dura ou até fatal, infelizmente será uma arena.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • W

    WILSON

    22/11/2020 18:11:53

    Isto está cansando !!! Se eu quisesse ler notícias policiais iria procurar nos deprimentes pasquins especializados ....Diariamente existem provavelmente dúzias de casos semelhantes no Brasil ,espancamentos ,mortes ,etc , com personagens de todas as cores !!!A grande mídia publica ? Qual é o interesse que está atras disso ? Caso policial ,a ser resolvido pela polícia local !!! Por acaso o agredido era negro mas se fosse branco, amarelo , indio , ou seja lá que cor da pele tivesse , haveria tanta celeuma ? Falta de assunto !!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • S

      Sartan

      22/11/2020 20:36:24

      O problema é que ler essas noticias machucam seu ego ai tem que chorar mesmo

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rubens Farias

      22/11/2020 18:31:57

      Jornal notícia NOTÍCIA se você não sabe.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leomax

    22/11/2020 18:09:09

    Parabéns à Gazeta, por (quase) noticiar o fato por completo, sem tomar partido e aderir à campanha mundial que fomenta a eclosão de manifestações antirracistas e distúrbios que provocarão violência inimaginável. Faltou à Gazeta: Não citar a cor da vítima. Afinal, de acordo com a lei brasileira e principais organismo internacionais, todas as pessoas são iguais. Se a vítima fosse branca, esse detalhe teria sido mencionado? Na verdade, a vítima está mais para "pardo" do que para "negro". Aposto que, na mesma data, dezenas de "brancos" foram assassinados por pessoas não brancas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    4 Respostas
    • R

      Ronald Santos

      ± 23 horas

      Rubens Farias: Cara, vá catar coquinho, vai! Nem leu o que ele escreveu... Também, né! Analfabeto funcional não sabe ler...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Road Warrior

      ± 23 horas

      Rubens Farias: Esquerdalha recalcada

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • C

      Carlos Neris

      22/11/2020 18:43:28

      Parabéns pela lucidez de seu comentário, sem preconceito, obviamente violência não tem cor.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • R

      Rubens Farias

      22/11/2020 18:32:59

      Que babaquices a sua. Claramente preconceituoso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcelo C. Lopes

    22/11/2020 18:04:48

    Não acredito que o viés seja racial eu acredito no desprezo pela vida, o Carrefour é extremamente permissivo ou infeliz em contratar pessoas agressivas para falar o mínimo. Alguém lembra do caso que um cachorro também foi covardemente morto por um segurança do Carrefour. Penso eu que é capaz de fazer isso com uma criatura inocente e que o máximo que pode fazer é tentar lhe agradar o que dirá que poderá fazer com um ser humano que nem chega perto da pureza dos animais. Infelizmente o ocorrido não me surpreende e nada foi feito pela empresa Carrefour agora mais uma vez vamos Carrefour se isentar da culpa e delegar a culpa ao prestador de serviço.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    joão José Augusto Mendes

    22/11/2020 17:41:22

    Melhor aguardar mais informações. Lembrem-se da escola de base.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • I

      Igor Hotz

      22/11/2020 18:31:00

      Falou tudo. No caso da escola Base em SP, acusaram os donos da escola injustamente, um jornalista da globo que começou, e acho que está lá até hoje, se chama Valmor, senão me engano, e a imprensa toda foi atrás. Depois ficou provado que foi uma imaginação de uma criança que falou para a mãe e causou a ruína de uma família e da escola.. GLOBO FILHA DA **** ...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    TIAGO

    22/11/2020 17:28:39

    Parabéns a Gazeta pq não saiu acusando de racismo sem ter todas as informações do acontecimento.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    TIAGO

    22/11/2020 17:24:26

    O que sabemos até agora é que a mídia está com o cu coçando a espera de um George Floyd brasileiro. Membros da imprensa que se auto denominam guerreiros da justiça social, não se preocupam com a verdade dos fatos e com os direitos individuais. Está cada vez mais claro isso. Eles só querem impor a própria agenda. Precisamos nos impor ou eles vencem. Olavo e Bolsonaro são bastiões contra essa corja.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Lilian franca de vasconcelos

    22/11/2020 16:39:59

    Independente da cor, o cara atacou e depois os seguranças revidaram.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marcos

      22/11/2020 20:41:55

      Partindo desse pressuposto, vê-se o despreparo completo da formação de seguranças e vigilantes. Não é de hoje que se tem problemas com esses profissionais mais formados. Há um caso antigo de um vigilante que deu cinco tiros num correntista desarmado do banco, na entrada da agência. Muitas vezes são profissionais que não possuem nenhum preparo em lidar com clientes agressivos. Acredito que se vc estivesse com seu amigo e discutisse com alguém, fosse agredido por este, vc e seu amigo se juntariam contra o agressor. Mas não é o caso de uma ocorrência num estabelecimento de uma multinacional. A responsabilidade é compartilhada entre supermercado e empresa terceira.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Patinho

    22/11/2020 16:25:35

    Todas as falhas possíveis aconteceram e com consequências lamentáveis. Mas...... em NENHUM momento existem indícios de que se o sujeito fosse branco o desfecho seria diferente, em NENHUM momento houve qualquer movimento motivado pela raça! E a quem interessa toda essa situação? Pois é a coisa está preta... digo Branca, senão posso ser acusado de racismo

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Raul

    22/11/2020 16:20:15

    Poderiam publicar a ficha policial completa do morto. Ele era bem conhecido na região, e pelo histórico que tem, provavelmente os funcionários do supermercado já tremiam quando viam ele entrando. Talvez esse tenha sido o principal motivo do excesso aplicado na ação, e não racismo como a mídia está divulgando.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    BANESTADO

    22/11/2020 16:15:01

    Imfelizmente HOUVE UMA SERIE DE FALHAS NESSE INCIDENTE: 1) a cAIXA, FUNCIONARIA, DO SUPERMERCADO, DEVERIA CHAMAR O GTE. GERAL DA LOJA. NÃO OS SEGURANÇAS DE IMEDITATO, E ESTE TER CONDUZIDO O CASO, E AÍ SE FOSSE O CASO CHAMAR OS SEGURANÇAS. o GTE DA LOJA É QUE DEVE ADMINISTRAR ESSE CONFLITOS E NÃO SEGURANÇAS NEM O FUNCIONARIO SUBALTERNO. HOUVE SIM FALHA DO SUPERMERCADO. será que o gte. do Supermercado sabia, o nome do seguranças.? dialogava com eles, que atitudes tomar na ausencia dele? A EMPRESA NO CASO O CARREFOUR NÃO PODE DAR AUTONOMIA TOTAL A SEGURANÇAS, TERCEIROS, A TOMAREM DECISÕES, ATITUDES COMO ESSAS, independente de que os Guardas tenham sido agredidos ou coisa qu o valha.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • R

      Ronald Santos

      ± 23 horas

      Se candidata lá ao cargo de gerente... comentarista de internet "sabe" tudo... tem solução pra tudo... aí tu põe um sabichão desse na cena e ele faz até pior............

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • T

      TIAGO

      22/11/2020 17:26:54

      Um dos guardas recebeu um soco. Ele logo tentou imobilizar o agressor. Sem treinamento, ou com raiva ele acabou matando. Imobilizar agressor é DEVER de um segurança.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    All Jr

    22/11/2020 15:56:37

    Parabéns pela matéria Gazeta! Bastante clara e concisa! É necessário que o jornalismo profissional de verdade se afaste dessa militância tosca que contaminou a grande maioria das redações no Brasil e no mundo, atendo-se aos fatos e rejeitando, sumariamente, a criação de narrativas. Parabéns!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo

    22/11/2020 15:48:30

    Despreparo total da."segurança" da loja. Por mais que a vítima tenha iniciado a confusão, a "segurança" tem que ter preparo p lidar com qualquer tipo de contingência, e não sair dando porrada como se fosse uma rinha de galo.. mas sabe como é contratar o que tem melhor preço...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      Ronald Santos

      ± 23 horas

      falar sentadinha nesse puff aí é fácil... até meu papagaio faz melhor.........

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Santos

    22/11/2020 15:47:15

    Não resta dúvida que ocorreu um crime bárbaro, mas pessoas públicas e experientes não deveriam deduzir tratar-se de RACISMO. Os indícios, de que não se trata de racismo, são evidentes porque algumas provas estão na mesa. A vítima, que não poderia de forma alguma ser asfixiada covardemente, teve várias passagens pela polícia, duas vezes preso por espancar a própria mulher, e contumaz em agressões. E o vídeo interno prova que ele, por alguma razão que dificilmente saberemos ao certo, atacou um dos seguranças com um soco, sem qualquer ataque anterior que justificasse. Gostaria sim que nossa lei tivesse PRISÃO PERPÉTUA para os dois seguranças, mas NINGUÉM da esquerda concordaria com a sugestão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • C

      clayton

      22/11/2020 20:07:22

      Só não precisamos de mais incitação à violência, que a mídia esquerda quer importar. Casos assim demonstram violência e despreparo dos seguranças. Mas sempre prudente ver quem era a "vítima." Os antecedentes deste cidadão falecido, deveria ser informada para que não houvesse confusão de que fora violência racial e assim incitação a mais violência como querem os esquerdas que incistem no quanto pior melhor... Estamos fartos de pessoas que jogam querosene na fogueira. O Brasil precisa de paz... Que Deus esteja sempre conosco...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • J

      João Henrique Rissato

      22/11/2020 17:36:48

      Parabéns Gazeta, por trazer luz aos fatos e não fazer panfletagem ideológica.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • B

      Beatriz Pacheco

      22/11/2020 17:02:48

      As pessoas públicas ( em sua maioria esquerdistas) se aproveitaram do fato para fazer palanque e criar o caos. Fake news evidente, como aconteceu nos EUA, para justificar a violência e a desordem!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.