i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aids

Jovens gays se cuidam menos

  • PorFolhapress
  • 17/06/2010 21:10
Veja que gays são mais informados, mas se previnem menos |
Veja que gays são mais informados, mas se previnem menos| Foto:

Discriminação: 53% já foram alvo de homofobia

Pelo menos a metade do público homossexual masculino com mais de 18 anos já foi vítima de homofobia, mostra a pesquisa divulgada ontem pelo Ministério da Saúde. Desse total, 53,5% relataram que já foram discriminados, xingados, humilhados ou agredidos por causa da orientação sexual. Outro dado aponta que ao menos 14% foram forçados a ter relações sexuais contra a sua vontade. O estudo, contudo, não investigou o contexto e as condições em que a violência sexual ocorreu. Os ambientes em que há mais discriminação, conforme os gays, são o trabalho (51,3%), a escola (28,1%) e a igreja ou outro local de culto religioso (13%).

Brasília - Em relações com parceiro fixo, os meninos que fazem sexo homossexual estão se protegendo menos do que os jovens heterossexuais. A informação está em uma pesquisa divulgada ontem pelo Ministério da Saúde. O levantamento ouviu 316 homens, em dez cidades brasileiras, no ano passado.

Entre os jovens que fazem sexo homossexual, 29,3% disseram ter utilizado preservativo nas relações com parceiros fixos no ano anterior à pesquisa. Entre os jovens heterossexuais, o porcentual fica em 34,6%. Os dois grupos, no entanto, se aproximam quando é analisada a proteção nas relações casuais.

A pesquisa usa o termo HSH (homens que fazem sexo com homens), que abrange os gays e inclui os que fazem sexo homossexual, mas não se colocam nessa categoria. Os jovens gays estão entre as maiores preocupações do governo em relação à aids. Entre os meninos de 13 a 19 anos, 33,5% dos casos de HIV são transmitidos por sexo homossexual e 28,3% por sexo heterossexual. Segundo a pesquisa, 1 em cada 10 homens que fazem sexo homossexual tem o vírus HIV.

O porcentual dos soropositivos é semelhante ao verificado nos Estados Unidos, em que 9% dos homens que fazem sexo com outros homens são portadores do vírus HIV. Não há um número equivalente para se comparar com a população heterossexual, mas sabe-se que, considerando-se a faixa etária de 15 a 49 anos, em todo o país, o porcentual de homens com o vírus é de 0,8%.

Embora considere o dado preocupante, a diretora do Departamento de Aids do Ministério da Saúde, Mariângela Simão, foi enfática ao afirmar que ele não traz de volta a ideia de que os gays são grupos de risco. Ela lembrou ainda que os casos de HIV entre heterossexuais cresceram nos últimos anos.

Para Pedro Chequer, coordenador no Brasil do Unaids (órgão da Organização das Nações Unidades para a Aids), é preciso mais estudos para explicar os dados revelados pela pesquisa do Ministério do Saúde, mas ele avalia que, com a melhoria da qualidade de vida dos soropositivos, há um relaxamento natural por parte dos jovens durante as relações sexuais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.