Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Divulgação
| Foto: Divulgação

Uma reflexão proposta pelo ditado “mente sã, corpo são” inspira a professora Simone Nogueira de Lima, que ministra aulas para as turmas do período integral da Escola Michel Khury, patrocinada pelo HSBC e localizada no bairro Uberaba, em Curitiba.

Trabalhar o jornal em sala é habitual para a rotina do grupo, mas, desde o início do ano, outra prática vem fazendo a alegria dos alunos de oito a dez anos com os quais ela trabalha. Entre as disciplinas exploradas no contraturno da turma está a de “Movimento”, e reportagens da Gazeta do Povo sobre esportes vêm fornecendo sentido às propostas da educadora, que trabalha para incentivar nos pequenos a adoção e manutenção de hábitos saudáveis.

A partir da leitura das matérias e análise de fotos, charges e ilustrações do jornal, a turma esbanja empenho e criatividade. Só no primeiro semestre do ano, eles já confeccionaram uma palavra cruzada gigante (foto), praticaram a arte de escrever palavras com o corpo, criaram uma história em quadrinhos em tamanho e com personagens reais e, considerando o resultado de uma pesquisa que eles próprios responderam sobre o esporte que mais gostam, elaboraram, também com o corpo, um gráfico em formato de pizza para anunciar o resultado: futebol recebeu a maioria dos votos.

A relação com o tema do Ler e Pensar neste ano – Uso Consciente das Tecnologias – também vem sendo feita e, utilizando um aplicativo de celular chamado Health eles calcularam os batimentos cardíacos, distância percorrida e calorias perdidas durante uma atividade de corrida no pátio da escola.

Para qualificar ainda mais as ações, Simone convidou um Personal Trainner e uma professora de Yoga, que organizaram tardes divertidas e possibilitaram às crianças a chance de conhecer ainda mais o trabalho de cada profissional. “Antes de receberem os convidados, os alunos pesquisaram sobre a função de cada um e puderam preparar perguntas para as entrevistas que foram feitas. Eles adoraram”, conta a coordenadora do período integral, Juliana Zeni Ostroski. Ela também diz que, durante as abordagens, ficou claro para os alunos que o cuidado com a saúde do corpo é determinante para garantir uma vida mais saudável e equilibrada.

O acesso a alguns portais e blogs especializados em alimentação saudável e uma visita ao setor de Orgânicos do Mercado Municipal de Curitiba serviram para exemplificar a ideia. As crianças assistiram a vídeos sobre o assunto, conversaram com uma nutricionista, conheceram os benefícios das hortas domésticas, acompanharam o preparo de sucos nutritivos e fizeram um lanche que chamaram de “saudável e saboroso”.

Para Simone, o modo como as tecnologias estão inseridas em diversos aspectos da vida social fica, a cada trabalho, ainda mais claro para os estudantes. “Eles já compreenderam que, tanto o esporte como a prática de leitura, são ferramentas de inserção social eficazes e que promovem transformações surpreendentes”, conclui.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]