i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Solidariedade

Lula condena atos de violência

  • PorFolhapress e Agência Estado
  • 19/10/2009 21:04

São Paulo e Rio de Janeiro - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenou ontem os atos de violência registrados no Rio durante o fim de semana e afirmou que o governo federal está disposto a ajudar o estado no que for preciso para "limpar a sujeira que essa gente [criminosos] impõe ao Brasil". "Não poderia ter outras palavras além da condenação, sob todos os aspectos, aos irresponsáveis que colocam em risco vidas inocentes", afirmou o presidente.

Lula informou que telefonou para o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e para o governador Sérgio Cabral (PMDB), para oferecer ajuda. Ontem, Cabral informou que o estado vai receber R$ 100 milhões da Secretaria Nacional de Segurança Pública nos próximos seis meses para equipar as forças de segurança.

Olimpíadas

A segurança do Rio e a organização dos Jogos Olímpicos de 2016 foram os temas que dominaram o primeiro "road show" no exterior do prefeito do Rio, Eduardo Paes, para atrair investimentos para os jogos. Em uma conferência em Londres, Paes tentou acalmar o público europeu.

"Nunca escondemos nossos problemas na campanha. E sempre dissemos que os estamos enfrentando", disse Paes ao Global Sports Industry Summit, em Londres. "Temos muito a fazer. Temos um longo caminho a percorrer e o que ocorreu neste fim de semana mostra isso", disse.

Para evitar o aumento da polêmica, o Comitê Olímpico Internacional (COI) optou pela diplomacia. "A segurança é claramente um aspecto muito importante nos Jogos Olímpicos, em qualquer lugar do mundo. Isso é de responsabilidade integral de autoridades municipais, regionais e nacionais. Temos confiança na capacidade dessas autoridades em organizar Jogos seguros em sete anos", afirmou Mark Adams, porta-voz do COI.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.