145459

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Maringá
  4. Eleição fora de época em Ângulo tem dois candidatos a prefeito

Noroeste

Eleição fora de época em Ângulo tem dois candidatos a prefeito

TRE-PR anulou pleito de outubro de 2008 e eleitores terão de ir novamente às urnas em 11 de abril. Candidatos prometem campanha tranquila e sem gastos exagerados

  • Hélio Strassacapa
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Terminou nesta quinta-feira (11), o prazo para registro de candidaturas na eleição fora de época que vai escolher o novo prefeito de Ângulo, região Noroeste, 30 quilômetros de Maringá. Duas chapas estão concorrendo. Uma encabeçada por Antonio Romano (PDT) e José Luiz Bossi (PSDB), na vice. Os dois ficaram em segundo lugar no pleito de 2008 que foi cancelado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Os adversários são Moisés Gomes da Silva (PP), que concorre a prefeito, e Pedro Vicentim (PPS), vice. Silva foi eleito presidente da Câmara e comandou a prefeitura interinamente ao longo dos últimos 13 meses.

A nova data para os eleitores escolherem o mandatário municipal é 11 de abril, e a campanha já começou. Silva, que é o prefeito interino, não pode mais fazer inaugurações e nem contratações. Em 2008, a justiça cassou os registros de candidatura de Erivaldo Lourenço da Silva (PMDB) e Antonio Valdecir Morástica (DEM). Eles foram acusados de compra de votos e abuso do poder econômico.

A propaganda eleitoral gratuita no rádio começa em 11 de março. A diplomação dos eleitos deve ocorrer até 19 de maio.

Os candidatos afirma que farão uma campanha limpa tranqüila e silenciosa. “A campanha será calma, sem placas e carreatas”, defendeu o candidato Silva. “Menos gastos será o melhor, pois já é a segunda campanha. Vamos às casas e deixar o povo decidir”, disse Bossi.

Moisés Silva foi vereador por uma legislatura e já disputou a vaga de vice-prefeito em 2004. Pedro Vicentim já foi prefeito duas vezes no município vizinho de Flórida. José Luiz Bossi também já foi vereador e Antonio Romano já foi vice-prefeito.

Cândido de Abreu

Fato parecido ocorreu em Cândido de Abreu, região Central. A cidade elegeu novo prefeito em 13 de dezembro de 2009. João Peda Soares (PSDB) foi escolhido para administrar o município pelos próximos três anos. Com uma diferença de 104 votos, ele derrotou Josnei Erivan Freitas (PMDB), candidato adversário

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>