i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
economia

Geração de empregos cresce 12% no primeiro semestre em Maringá

Dados do Caged mostram crescimento nos postos de trabalho em relação ao mesmo período do ano passado: foram gerados 7.304 postos de emprego na cidade contra 6.486 em 2012

  • PorWilliam Kayser
  • 23/07/2013 14:21

A geração de empregos em Maringá cresceu 12% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme o balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta terça-feira (23), foram gerados 7.304 postos de trabalho na cidade (54.278 contratações e 46.974 demissões) nos seis primeiros meses do ano. Já no primeiro semestre de 2012, foram 6.486 novas vagas geradas.

Os setores que tiveram o maior crescimento foram o do comércio, com aumento de 608 empregos no primeiro semestre do ano passado para 1.008 neste ano, e de serviços, que subiu de 2.879 para 3.256 postos de trabalho. Para o economista da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) e professor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Joílson Dias, esse crescimento ocorreu devido ao alto número de demissões no final de 2012.

"O comércio terminou no negativo no ano passado, então os empresários precisaram se reajustar. Assim, o comércio tem reagido positivamente neste ano", avaliou. "Nossa cidade também é um polo de serviços na área de saúde e educação, em especial nos serviços de apoio a atividade econômica, e por isso cresceu bastante nessas áreas."

Um dado que chamou a atenção de Dias foi a queda na geração de emprego no setor da construção civil. Enquanto o saldo do primeiro semestre de 2012 ficou em 1.563 vagas, neste ano o valor diminuiu para 1.229. "Percebo que esse setor atingiu o máximo de crescimento, então temos já uma estabilidade", afirmou. "Chegamos ao patamar máximo, então o número está mais estagnado."

Valor mensal

Em relação aos dados somente do mês de junho, o setor de serviços apresentou o maior crescimento: o saldo saltou de 11 para 507 postos de trabalho. O mês apresentou saldo de 440 postos gerados, sendo 8.158 contratações e 7.718 demissões. No mesmo período do ano passado, Maringá fechou junho no negativo: com saldo negativo de 156 empregos – 7.142 contratações e 7.298 demissões.

O crescimento mensal colocou Maringá no segundo lugar no ranking da evolução do emprego formal em municípios com mais de 30 mil habitantes do Paraná. O primeiro lugar ficou com Rolândia, com um saldo de empregos gerados de 443, três a mais que Maringá. A diferença de Maringá para a terceira colocada Londrina, por exemplo, foi de 110 empregos. Em 23 municípios, o número de demissões foi maior do que o de contratações. O pior desempenho foi o de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, que apresentou saldo negativo de 552 vagas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.